in

Daniela Mercury e Wagner Moura pedem justiça após mortes no Jacarezinho

Parentes e ativistas fizeram protesto contra a violência policial e pediram por justiça.

Reprodução/Netflix/Divulgação Daniela Mercury

A operação realizada em uma comunidade do Rio de Janeiro, que foi chamada por ativistas e artistas de Chacina do Jacarezinho, e aconteceu na última semana, continua ganhando novas proporções. Após vários comentários em programas de TV e nas redes sociais, personalidades que integram o grupo da sociedade civil do Observatório de Direitos Humanos do Conselho Nacional de Justiça, assinaram uma carta divulgada no sábado (8) e pedem por justiça aos mortos na ação policial.

Publicidade

Dentre as principais partes do documento, o texto afirma que o caso registrado na favela passaria a mensagem de que o povo negro que é pobre e reside em favelas não seria titular de direitos humanos.

Entre os nomes que assinam a carta aparecem a cantora baiana Daniela Mercury e o ator Wagner Moura, também baiano. Wagner ficou muito conhecido em meados dos anos 2000 por viver o Capitão Nascimento, personagem do filme Tropa de Elite, implacável contra bandidos na história.

Publicidade

Carta pede divulgação de nomes dos mortos

Ainda no texto, o grupo pede que o nome e sobrenome de todas as vítimas da chacina sejam divulgados. Outro trecho do documento ainda destaca que pessoas pobres também têm nome e que precisam ser tratados com o devido respeito.

Publicidade

A atuação dos policiais foi repudiada na carta. Das autoridades citadas, a Procuradoria Geral da República e também o Governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, são cobrados por ações concretas contra os abusos e violações de direitos cometidos pelos policiais.

Publicidade

Além disso, o Ministério Público, Defensoria Pública, além da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil – foram citados para investigarem a ação de forma “ampla e transparente”.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu esclarecimentos ao governador do Rio e deu cinco dias para que as autoridades do estado prestem informações sobre a operação.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.