in

Terceira temporada de Stranger Things supera expectativas

Netflix

Foi com grande expectativa que estrou a terceira temporada de Stranger Things, justamente em um dia 4 de julho, em todo mundo. Nessa terceira temporada, que começa logo após as férias da turma de garotos, fica nítida a impressão que houve um amadurecimento da infância para um início de puberdade, com namoros e interesses românticos correndo solto.

Publicidade

E aparentemente solto também está o devorador de mentes, não mais no mundo inverso, mas na realidade humana. Assim, diferente dos outros anos, Stranger Things começa seu terceiro ato com um vilão claro e bem definido, usando a Técnica Tubarão para manter o suspense inicial, além de resgatar uma pegada oitentista de colocar os russos como bandidos, o que provocou a geração mimimi de prontidão. 

 Um ponto importante a destacar é que a série parece ter engatado uma marcha forte e começa a todo vapor, sem perder o ritmo em nenhum momento, o que pode ser destacado como ponto alto: traz de volta tudo aquilo que gerou o hype, mas sem perder tempo nas construções de personagens ou de clima. Contudo, o ritmo forte da temporada atual faz com que a maioria do público se sinta meio perdida, especialmente com referências a fatos do passado, pois a série não perde tempo em explicações, vai direto ao que interessa, o que no final das contas faz funcionar, mas deixa aquela dúvida em alguns pontos sobre o que aconteceu a certos personagens.

Publicidade

Aliás, pelo fato das séries da Netflix terem a característica de somente retornarem quando estiverem prontas, sem prazo mínimo nem máximo, muitas vezes fica ainda mais destacada a perda de informações, o que poderia gerar um episódio de resumo prévio para facilitar a vida dos usuários.  

Publicidade

Por sua vez, as referências não param. Se uma temporada evocou Poltergeist, essa temporada parece emular os Aventureiros do Bairro Proibido, indo muito além de A Coisa. Parece que o terror incompreensível foi trocado pela determinação em combate-lo, o que deixou a série ainda mais empolgante e envolvente. Essa alteração, somada aos novos personagens, extremamente cativantes, conseguiram deixar a série menos datada, sendo perceptível a preocupação com a diversidade. 

Publicidade

Diante de um grandiloquente arco narrativo, extremamente bem desenvolvido em grupos de acontecimentos bem concatenados, Stranger Things conseguiu em sua terceira temporada ser mais do que havia sido até então, agradando seu público alvo, o que gera uma expectativa para a óbvia quarta temporada, claramente desenhada graças às cenas pós créditos e que deve se passar em uma visita da gangue toda no mundo invertido. É esperar para ver.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bene!

Um curioso acima de tudo. Amante das artes, busco viver sem rótulos e explorar o que a alma pede. Escrevo sobre o que gosto, amo, odeio, me faz pensar e me faz sentir. Espero que minhas ideias, palavras e ações sejam meu legado. Bem vindos e espero que gostem.