in

Em menos de um mês, três atores consagrados de novelas mexicanas morrem e pegam fãs de surpresa

Atores ficaram conhecidos por dezenas de novelas mexicanas e filmes e acabaram perdendo a vida recentemente.

Televisa

Como se não bastasse a pandemia do coronavírus, que já ceifou a vida de mais 3 milhões de pessoas em todo o mundo, outras causas também tira a vida de várias pessoas. De 15 de abril a 6 de maio, três atores de novelas mexicanas morreram.

Publicidade

O primeiro foi Patricio Castillo, que no Brasil foi visto nas novelas Serafim, Alma de Ferro, Sortilégio e A Gata. A novela mais recente que Castillo integrou o elenco foi La Mexicana y el Güero, que terminou dia 21 de fevereiro de 2021.

Logo que o ator foi internado, surgiram rumores de que ele estava com Covid. Lúcido, o ator gravou um vídeo para dizer aos fãs que estava internado, mas que seu teste para Covid deu negativo. Dias depois, ele faleceu por problemas respiratórios.

Publicidade

Publicidade

Dia 21 de abril, a Associação Nacional de Intérpretes do México anunciou que o ator Enrique Becker havia falecido. A causa da morte, entretanto, não foi divulgada. Becker pode ser visto no Brasil através das novelas mexicanas Camila e Laços de Amor.

Publicidade

Já no dia 6 de maio, foi anunciada a morte de Guillermo Murray. O ator argentino conhecido por dezenas filmes e de novelas, incluindo as mexicanas Marisol e Maria Mercedes, teve um choque séptico.

De acordo com o filho do ator, Rodrigo, o pai vinha com a saúde se deteriorando há dez anos, quando começou a ter os primeiros sinais de demência. Murray tinha 93 anos e seu último filme e novela são ambos do ano 2007. O ator começou sua carreira nos anos 50 e também se tornou um respeitado diretor e escritor.

A morte dos três atores pegou os fãs de surpresa, bem como a classe artística, que lamentou perderem nomes importantes da teledramaturgia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades