in

Advogado garante que Zezé Di Camargo não tem nada a ver com a dívida milionária da empresa de sua ex-mulher

O sertanejo sempre esteve fora dessa empresa, pois foi comprada quando já estavam separados.

Área Vip

Com a decisão da Justiça de penhorar os bens pertencentes à Zilu Godoi para quitar uma dívida de 2,3 milhões de reais devido às compras realizadas por uma das suas empresas, a deteriorada e polêmica relação entre ela e seu ex marido Zezé Di Camargo volta a ocupar espaço e, mais uma vez, se torna alvo de comentários, nem sempre dos mais agradáveis.

Publicidade

O Dr. Marcelo Saraiva, advogado de Zilu, afirma que, na verdade, esse valor é de inteira responsabilidade do ex casal, uma vez que a sua cliente permanece questionando na Justiça de São Paulo todos os acordos já realizados em relação à divisão de bens na época em que o casamento chegou ao fim e o divórcio foi, finalmente, foi assinado.

Já o Dr. Cesar Alexandre Padula Monteiro, advogado do sertanejo, contesta e declara que são mentirosas as afirmações da defesa, pois ele e seu cliente possuem documentos que provam o contrário. Ele também revela que a empresa foi adquirida quando Zilu e Zezé já estavam separados e que, em 2012, a Construmax Terraplanagem, nome da empresa, foi comprada somente por Zilu e mais dois sócios e o cantor ficou fora do negócio.

Publicidade

Também é revelado pelo Dr. Marcelo que a referida empresa chegou a acumular uma dívida perto dos 4 milhões de reais, que foi dividida com os demais sócios, entre eles o empresário Danilo Augusto Barbosa Machado.

Publicidade

Metade desse valor era referente a processos trabalhistas movidos por funcionários, todos pagos por Danilo e caberia a Zilu o pagamento dos 2,3 milhões de reais à Epel- Empresa Paulista de Empreendimentos Ltda, pela compra de máquinas como tratores e escavadeiras, mas ela não cumpriu o acordo.

Publicidade

Diante disso, o proprietário da Enel entrou na Justiça com o pedido de execução da dívida quando foi decida a penhora dos bens de Zilu para que seja feito o devido pagamento.

Mesmo com os protestos da defesa, a sentença não sofreu nenhuma alteração. As acusações continuam e a situação do ex casal permanece cada vez mais complicada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade