in

Gênesis: Record esconde história de Sodoma e Gomorra para não chocar público

Cenas que seriam polêmicas sobre Sodoma e Gomorra não serão mostradas na TV para evitar choque dos telespectadores.

RecordTV

A produção da novela Gênesis tem passado por alguns impasses. Se por um lado o objetivo é retratar passagens da Bíblia de forma romantizada (adequando a história para a teledramaturgia), por outro, alguns fatos do início dos tempos têm sido escondidos, para evitar que o público mais conservador do horário se choque e acabe deixando de ver a novela.

Publicidade

Isso se deve a parte considerável dos mais radicais da internet que pregam o fim das novelas da concorrente, TV Globo, devido à abordagem de temas atuais que são considerados tabus para os mais conservadores. A Record tem se consolidado com esse público, independente de serem da igreja dos donos da emissora ou não.

Por conta disso, as partes de Sodoma e Gomorra em que deveria mostrar que havia relações sexuais não convencionais entre as pessoas, ou seja, de maneira libertina, sem qualquer compromisso, bem como relações entre pessoas do mesmo sexo, acabaram sendo cortadas.

Publicidade

A emissora se limitou a mostrar personagens chocados com que o que acontece em Sodoma e Gomorra, mas sem dizer ou mostrar o que se trata, deixando que cada um interprete da forma que conhecer ou desejar.

Publicidade

Gênesis está perto de seu final e sua substituta ainda não foi definida. A princípio, Topíssima 2 seria a escolhida ou até mesmo uma nova novela bíblica, mas a pandemia prejudica os planos de novas gravações.

Publicidade

Até junho a emissora deve se posicionar se irá iniciar as gravações da sucessora ou se investirá em mais uma reprise noturna. No período da tarde, serão reprisadas as novelas Prova de Amor e Os Dez Mandamentos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades