in

Titi Müller se justifica após dizer que teve relações com marido no parto do filho: ‘Estimula contrações’

Em entrevista, apresentadora do Multishow falou sobre declaração dada que acabou gerando polêmica.

Instagram Titi Müller

Logo após o nascimento do filho, em junho do ano passado, Titi Müller declarou que teve relações com o marido durante o parto e acabou gerando polêmica. Em entrevista concedida a jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a apresentadora do Multishow relembrou o fato e quebrou tabu ao justificar o ato.

Publicidade

Titi Müller contou que não se arrepende da declaração dada à época e fez questão de explicar o que de fato aconteceu, afirmando que não foi como as pessoas acabaram pintando. A artista disse que o leitor ao se deparar com a informação acabou acreditando que houve conjunção carnal com o marido, mas explicou que não foi bem assim.

“Estimula contrações”, justificou a apresentadora, dizendo que teve uma troca de carinho mais íntima com o marido sem chegar de fato ao ato em si. “Foi uma coisa mágica. Logo depois daquilo começou o trabalho de parto ativo”, concluiu Titi Müller.

Publicidade

A apresentadora do Multishow ainda falou sobre os desafios de criar e amentar o filho durante a quarentena. Titi afirmou que apenas pais de primeira viagem teriam a dimensão das dificuldades de passar pela pandemia do coronavírus com um filho pequeno. “É um desafio para todos os casais. São momentos de gratidão intensa por ter ali alguém com quem dividir tudo mesclados com momentos em que o desgaste é surreal”, desabafou a artista.

Publicidade

No comando do programa de viagens Anota Aí, a apresentadora se prepara para uma nova temporada no Multishow. Dessa vez, Titi irá viajar pelo Brasil e não deixará o país por conta da pandemia do coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade