in

Pastor que orou para Paulo Gustavo morrer recebeu mensagens em tom ameaçador e igreja toma atitude

José Olímpio preferiu não se manifestar após a morte do ator ser confirmada na última terça-feira.

Reprodução/Instagram

O pastor da Assembleia de Deus, José Olímpio, causou uma grande polêmica em abril ao publicar em seu Instagram que enquanto havia pessoas orando e rezando pela recuperação do humorista Paulo Gustavo, ele orava “para que o dono dele o levasse para junto de si”.

Publicidade

A postagem do pastor causou revolta nos fãs do ator e também em alguns evangélicos que não concordaram com as palavras de José Olímpio. 

O religioso excluiu a postagem após a repercussão negativa e fez um pedido de desculpas endereçado a quem se sentiu ofendido por sua publicação. Há informações de que o pastor teria recebido mensagens em tom ameaçador pelo WhatsApp por conta do episódio. 

Publicidade

O pastor foi denunciado ao Ministério Público pelo crime de homofobia e a Assembleia de Deus, através de seu Conselho de Ética, aplicou medidas de punição ao sacerdote. 

Publicidade

José Olímpio não se pronuncia após a morte de Paulo Gustavo

O humorista Paulo Gustavo não resistiu as complicações causadas pela covid-19 e acabou falecendo na noite da última terça-feira (04/05) após quase dois meses internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital Copa Star. 

Publicidade

Após a triste notícia da morte do ator, muitas pessoas esperavam uma manifestação do pastor José Olímpio, mas de acordo com pessoas próximas, ele foi orientado por seu advogado a não dar qualquer declaração a respeito. 

Há ainda a informação de que vários fãs de Paulo Gustavo entraram em contato com o pastor pelo direct do Instagram para proferir xingamentos após ser dada a notícia de que o ator não resistiu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com