in

Brasil de luto: fãs dão o último adeus ao ator Paulo Gustavo nas redes sociais

Ator morreu aos 42 anos depois de quase dois meses internado em hospital do Rio de Janeiro.

Instagram Paulo Gustavo

A morte do ator Paulo Gustavo foi confirmada nesta terça-feira (4). Aos 42 anos, o ator e humorista não resistiu às complicações causadas pela Covid-19. Paulo Gustavo estava internado desde o dia 13 de março, quando chegou ao Copa Star, no Rio de Janeiro, em situação avançada da doença causada pelo coronavírus.

Publicidade

Dias depois, Paulo Gustavo precisou ser intubado devido ao agravamento da doença. Nas últimas semanas, os familiares e amigos acompanharam aflitos as novas notícias sobre o estado de saúde do artista, que ora apresenta melhora, ora permanecia estável em situação delicada.

O quadro se agravou na noite de domingo, quando Paulo Gustavo sofreu uma embolia gasosa disseminada. Antes disso, ele havia interagido com a equipe médica e companheiros. Nesta terça, as notícias sobre suposta morte foram divulgadas. Mais à noite, boletim informou que quadro era irreversível. Agora a pouco, a informação foi confirmada.

Publicidade

Carreira de Paulo Gustavo

O ator Paulo Gustavo atuou em telenovelas e se destacou mesmo no cinema. Em 2006, ele fez papéis curtos em novelas como Prova de Amor, na Record TV, e em séries como Minha Nada Mole Vida e A Diarista, na Globo. Em 2007, deu vida ao personagem delegado Lupicínio no Sítio do Picapau Amarelo, também na Globo.

Publicidade

Publicidade

Na maior emissora do Brasil, ele também atuou em Faça Sua História (2008), Casos e Acasos (2008) e Divã (2011). No canal pago Multishow, o ator e comediante atuou em sete temporadas da série de humor Vai que Cola interpretando o personagem Valdomiro Pinto Lacerda, o Valdo. Paulo Gustavo só esteve ausente na sexta temporada.

No cinema, o grande filme de Paulo Gustavo foi Minha Mãe É uma Peça. A trilogia levou milhões de brasileiros ao cinema de todo o país. Minha Mãe É uma Peça 3, sozinho, teve 11,6 milhões de espectadores, segunda maior bilheteria da história do cinema. Juntos, os filmes venderam mais de 25 milhões de ingressos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!