in

Suzana Alves, ex-Tiazinha, teve depressão quando abandonou a sensual personagem

Mesmo abandonada pelos amigos, que não concordaram com sua decisão, jamais pensou em voltar atrás

O Globo

Suzana Alves declarou que sofreu de depressão quando decidiu aposentar a Tiazinha, personagem que interpretou durante 6 anos no programa H, comandado por Luciano Huck, quando, ainda, estava na Band. Ela também conta que os seus amigos não aceitaram a sua decisão e como não teve nenhum apoio por parte deles, a depressão veio com tudo.

Publicidade

Só assim percebeu que aqueles não eram amigos de verdade e só se aproximaram dela apenas por interesse. Mesmo sem apoio e apesar da depressão, ela jamais pensou em voltar, mesmo não imaginando que o processo seria tão difícil.

A atriz, que pode ser vista como a ciumenta Inês na reprise de “Topíssima”,  exibida pela Record TV, afirma que essa fase durou alguns anos e com muitas oscilações, até que conseguiu se desvencilhar da sensual personagem.

Publicidade

Apesar da fama e do muito dinheiro que ganhava, Suzana percebeu que não era feliz, pois tinha de tudo, mas o que mais queria para sua vida era estudar, terminar a faculdade, viajar, formar uma família e não lhe sobrava tempo nenhum para fazer essas coisas.

Publicidade

Ela também sentia que não tinha vida, que ninguém ia lhe amar de verdade, pois os homens também só se aproximavam dela por mero interesse. Se via sem paz, cercada por um “staff” onde tinha a sensação de que havia se tornado um castelo inatingível e decidiu transformar a sua história e não perder mais tempo.

Publicidade

Aos 42 anos e casada há dez com o ex-tenista Flávio Saretta, com quem tem o filho Benjamin, de 5 anos, Suzana revela que devido a sua fase de Tiazinha, não conseguia acreditar que Flávio estivesse mesmo apaixonado por ela. Só se entenderam após três meses, quando Suzana, finalmente, sentiu firmeza no relacionamento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade