in

Triunfo do Amor: 16 personagens morrem na novela mexicana do SBT

A novela mexicana Triunfo do Amor tem vários personagens mortos, a maior parte deles assassinados.

Televisa

Para quem achou que seria impossível um dramalhão exibido pelo SBT ser igual ou mais mórbido do que No Limite da Paixão e Quando Me Apaixono no número de personagens mortos, saiba que, no total, Triunfo do Amor perde 16 nomes da história.

Publicidade

A maior parte das mortes é provocada por Bernarda, a religiosa fanática que mata os pecadores em nome de sua fé. Os primeiros personagens mortos ocorrem logo nos primeiros capítulos. Gonçalo, o pai biológico de João Paulo – interpretado pelo ator Arturo Carmona – e sua esposa Rosália são queimados vivos por Bernarda, como represália por ele ter tido uma relação extraconjugal com a religiosa e não aceitado abandonar a esposa e o filho para ficar com a amante.

Anos mais tarde, Bernarda matou Otávio, seu marido e homem que João Paulo acreditou ser seu pai por quase toda a vida. Ela o envenenou, provocando um infarto.

Publicidade

Quando João Paulo estava prestes a descobrir que Maria Desamparada era sua filha, Bernarda matou a Irmã Clementina, pois ela quis falar a verdade ao padre e a religiosa não aceitou. Clementina foi envenenada e o veneno causou uma parada cardíaca na mulher, fazendo com que os médicos concluíssem que as causas da morte foram naturais.

Publicidade

Na mesma época, Bernarda matou a empregada de longa data, Tomásia, pois a mulher ameaçou contar toda a verdade sobre a filha de João Paulo. Bernarda a agrediu e depois queimou seu corpo em uma lareira.

Publicidade

No começo da trama morreu o personagem Israel, que quase não tinha espaço na história, mas era do núcleo de Napoleão e João José. O bombeiro ficou gravemente ferido no combate de um incêndio e acabou não resistindo.

João José prometeu não desamparar o filho do amigo, mas no decorrer da história foram poucas as vezes que a viúva apareceu em alguma cena. Neste mesmo núcleo houve uma outra morte. Quando João José desapareceu, a família e amigos enterraram outro homem pensando que era ele quem foi encontrado desfigurado na rua, mas o bombeiro estava hospitalizado e sem documentos, de forma que não tinha como alguém avisar sua família sobre o ocorrido.

Voltando a Bernarda, aliada a Escorpião, ela o mandou sabotar o carro de Fernanda Sandoval, a fim de que a filha mais nova de Victoria morresse em um acidente, mas por ironia do destino, quem dirigiu o veículo naquele dia foi Frederico, namorado de Fernanda e filho de outro cúmplice de Bernarda, Padilha. Frederico morreu no local do acidente e Fernanda ficou paralitica.

A fim de calar Linda, que estava disposta a contar tudo para Max e Maria sobre o filho de Helena ser de Guilherme, além de revelar que o ator estava fraudando a venda do teatro para Osvaldo, Helena se disfarçou e empurrou a maquiadora de frente para um carro. Com o forte impacto, Linda morreu na hora.

Antes de Helena matar Linda, Guilherme já havia assassinado sua amante, Ofélia, por ela tentar fazer o mesmo que a maquiadora: o chantagear para não contar o que sabia sobre ele. Guilherme se livrou do corpo da atriz e mentiu que ela e o marido se reconciliaram e foram embora do país, mas nem Pedro ficou sabendo que a ex-esposa morreu.

Para se vingar de Escorpião por ele tê-la a roubado, Bernarda o matou e mandou Padilha enterrar o corpo. Dias depois, armou uma armadilha para que Padilha fosse preso pelo crime, mas ele acabou morrendo em uma troca de tiros com a polícia.

Alonso não resiste a doença e acaba morrendo após o fiasco de seu casamento com Maria Desamparada, deixando a moça muito emocionada com a despedida do fotógrafo.

Já nas emoções finais, Eva tentará matar Bernarda duas vezes, mas a religiosa sobrevive. Entretanto, três personagens de destaque têm um final trágico na última semana de Triunfo do Amor.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades