in

Rejeitada, Karol Conká não aguenta assistir as suas cenas no BBB e cai em prantos: ‘eu não sou essa coisa ali’

Cantora foi consolada pela família ao assistir suas cenas de confusões com Lucas Penteado e Carla Diaz.

Reprodução: Extra / Tv e Famosos Uol / Purepeople - Fotomontagem por Vieira Filho

Na madrugada desta quarta-feira para quinta (29), o Globoplay divulgou, pela primeira vez, os quatro episódios que compõem o documentário “A vida depois do tombo”, que tentou acompanhar a trajetória de Karol Conká depois de sua saída, com 99,17% dos votos, do Big Brother Brasil 21.

Publicidade

Desde seu conturbado relacionamento com Arcrebiano, mais conhecido como Bil, até as humilhações proferidas por Karol em direção a Carla Diaz e Lucas Penteado. A cantora, enquanto estava na casa, recebeu críticas pesadas do público que acompanha o reality show.

Ao ir para o paredão, a cantora foi a participante que bateu o recorde de rejeição de toda a história do programa.

Publicidade

Cantora fica em prantos com documentário

Em um dos episódios do documentário produzido pela Rede Globo, Karol assiste às cenas de suas brigas com Carla e Lucas. Ao lado de sua família, a cantora não aguenta e acaba caindo em lágrimas.

Publicidade

Eu não consigo ficar bem com isso. Eu não sou essa coisa ali, gente. Que vergonha”, declarou Karol à sua família, que tentava tranquilizar a cantora enquanto as cenas eram exibidas.

Publicidade

Sofrimento do filho

Além das brigas em que esteve envolvida, o documentário exibiu um depoimento de Jorge, filho da cantora, de apenas 15 anos, que contou sobre os ataques recebidos por ele na Internet após os comportamentos da mãe no BBB.

Jorge declarou que nunca havia visto sua mãe da forma que estava no programa, o que lhe causou grande choque e tristeza.

O adolescente ainda revelou que não ficou com raiva da mãe e que pediu para que as pessoas que estavam o atacando se colocassem no lugar dele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade