in

BBB 21: vereadora que pediu respeito a Fiuk e Gil nega ser homofóbica e expõe seu passado no mundo ‘gay’

Vereadora do PL, Glória Carratte, se posicionou contra beijo no BBB21 e viralizou nas redes sociais.

TV Globo / Reprodução

Um selinho dado entre Fiuk e Gilberto no BBB 21 na madrugada da última segunda-feira, 26/4, continua repercutindo e foi parar no plenário da Câmara de Vereadores de Manaus. O caso foi marcado por falas consideradas homofóbicas por parte de uma vereadora do PL, a parlamentar Glória Carratte. Segundo a vereadora, o beijo foi inapropriado e disse que os dois deram uma “bitoquinha”. Após a repercussão negativa do fato, Glória se manifestou em suas redes sociais com uma nota de esclarecimento

Publicidade

O beijo só aconteceu porque Fiuk e Gil combinaram durante a semana que, caso sobrevivessem ao paredão de domingo, 25/4, eles pulariam sem roupa na piscina do BBB 21 e ainda dariam um beijo para todo o Brasil ver. Fiuk topou a brincadeira e assumiu os riscos da ação. O paredão eliminou Viih Tube, com 96,69% dos votos e ela marcou como uma das participantes mais votadas do programa, perdendo apenas para Karol Conká e Nego Di.

Beijo de Fiuk e Gil revolta vereadora de Manaus

O beijo entre Gil e Fiuk no BBB 21 chamou tanta atenção que a vereadora Glória Carratte decidiu se pronunciar sobre o ocorrido em meio à discussão parlamentar do dia. A funcionária pública disse que não assiste ao programa, mas que viu nas redes sociais imagens de dois homens dando “uma bitoquinha”. Ela lembrou que ambos estavam sem roupa. A vereadora considerou o ocorrido “uma falta de respeito com as famílias do nosso Brasil”.

Publicidade

Vereadora chama beijo entre Gil e Fiuk de ‘falta de respeito’, mas diz que foi ‘madrinha LGBT’

A vereadora repudiou a ação de Fiuk e Gil e afirmou que os vereadores devem “primar por bom comportamento, pela criação de nossos filhos uma vez que tudo está banalizado”. A fala, é claro, repercutiu nas redes sociais. A vereadora foi chamada de homofóbica. “Os valores se inverteram. Os dois se beijando e a Globo mostrando isso. A Globo se acha a dona do Brasil”, destacou.

Publicidade

Na nota de esclarecimento, a vereadora afirmou que o repúdio não foi pelo beijo, mas, porque os dois estavam sem roupas, o que não poderia ser permitido na TV, seja entre dois homens, duas mulheres ou homem e mulher. A nota diz que Glória já foi, no passado, madrinha da marcha LGBT, em Manaus. Leia abaixo o esclarecimento completo.

Publicidade

O BBB 21 será encerrado no próximo dia 4/5, terça-feira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.