in

Após divulgar fake news sobre falecida esposa de Lula, Regina Duarte recebe dura punição

Atriz utilizou sua rede social do Instagram para propagar uma falsa notícia sobre Marisa Letícia, o que desagradou família de Lula.

Reprodução: Globo / Umuarama News - Fotomontagem por Vieira Filho

No último dia 11, a atriz e ex-secretária Nacional de Cultura do governo Bolsonaro, Regina Duarte, publicou, em sua rede social do Instagram, uma charge que declarava que Marisa Letícia, falecida esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria deixado, de herança, um somatório de R$ 256.646.800,00, convertidos em títulos de Certificados de Depósitos Bancários (CDBs).

Publicidade

Com a atitude de Regina Duarte, Lula e seus três filhos resolveram mover uma ação contra a atriz, alegando que a postagem teria causado danos à imagem de Marisa Letícia.

Além disso, a família destacou que a ação da ex-secretária teria constituído uma propagação de fake news, já que, na verdade, o valor somado correspondia a R$ 26.281,74, quantia confirmada pelo juiz do caso.

Publicidade

Punição da atriz

Assim, Regina foi condenada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) e, por essa razão, terá que se retratar pelo seu erro publicamente.

Publicidade

A atriz contestou a decisão do TJDF, alegando que o valor correto referente aos CDBs de Marisa Letícia só havia sido divulgado depois que sua publicação teria sido feita. Além disso, a ex-secretária alegou que, na publicação, apenas exerceu seu direito de liberdade de expressão.

Publicidade

Com a contestação de Regina Duarte, o juiz da 12ª Vara Cível de Brasília, responsável pelo caso, concordou que a atitude da atriz não teria sido ilícita. No entanto, optou por manter a retratação pública da atriz, visto que, mesmo de forma não intencional, Regina divulgou uma falsa informação em uma rede social que conta com mais de 2,3 milhões de seguidores.

Além da retratação pública, a família de Lula pede uma indenização de R$ 131.408,70.

Publicidade
Publicidade
Publicidade