in

Em troca de mensagens, irmã de Agnaldo Timóteo diz que cantor foi assassinado

Ruth afirmou em troca de mensagens que Agnaldo Timóteo foi assassinado.

Reprodução Record TV

Agnaldo Timóteo morreu de Covid-19 no começo do mês de abril, depois de ficar alguns dias internado em hospital do Rio de Janeiro. Desde então, iniciou uma suposta disputa pela herança deixada pelo artista que tinha 84 anos e fortuna avaliada em mais de R$ 15 milhões.

Publicidade

De acordo com o testamento deixado por Timóteo, metade ficaria com a filha adotiva Keyty. A outra metade seria repartida entre os demais parentes. A garota era criada por Agnaldo desde os dois anos, mas não havia sido oficialmente adotada.

Ruth, uma das irmãs de Agnaldo, é apontada como vilã na história. Ela teria dito que Keyty veio do lixo e para o lixo voltaria. Foi Ruth também quem deu uma declaração polêmica e que coloca ainda mais lenha na fogueira desta história envolvendo o querido cantor.

Publicidade

Agnaldo Timóteo foi assassinado?

Em troca de mensagens com o apresentador Luiz Bacci, da Record TV, Ruth afirmou que Agnaldo Timóteo foi assassinado. “Vou arrematar… Meu irmão foi assassinado”, disse a mulher. Ela não explicou o que quis dizer com essa afirmação. Todos sabem que Agnaldo estava internado e morreu vítima da Covid-19.

Publicidade

Segundo Luiz Bacci, a mulher acredita que o advogado de Timóteo tenha passado Covid-19 para ele por querer e que também teria ocorrido omissão de socorro. A demora fez com que o cantor chegasse ao hospital bastante debilitado, com dificuldades para respirar a saturação (nível de oxigênio na corrente sanguínea) muito baixa. Ao que tudo indica, a disputa pós-morte de Timóteo deve continuar. As partes envolvidas não se entendem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!