in

Lorena Improta, esposa do cantor Léo Santana, impacta ao revelar que fez teste de DNA do 1º filho do casal

A famosa explicou como é o teste e o motivo de ter feito o exame no primeiro filho do casal.

Bebemamãe

A esposa do cantor baiano Léo Santana, a dançarina Lorena Improta, está radiante com a sua primeira gestação. A chegada de um novo membro na família é sempre um momento especial na vida do casal, especialmente quando se trata de pais de primeira viagem. Lorena Improta já está com cinco meses de gravidez.

Publicidade

Apesar disso, a dançarina ainda não sabe se espera uma menina ou um menino. Contudo, o casal famoso já escolheu o nome da criança. Caso seja um garotinho vai se chamar Lorenzo, e se for uma menininha vai se chamará Liz. Agora, Lore Improta surpreendeu os fãs ao fazer uma revelação inusitada sobre a sua gestação.

Ela disse que fez um exame de DNA no seu bebê. No entanto, esse exame não tem nada a ver com aquele teste famoso para saber a questão da paternidade de uma criança. Esse exame feito pela dançarina é o NIPT Panorama, que na verdade é um teste genético não invasivo que vai avaliar o DNA da criança. Através deste teste é possível saber a probabilidade do pequeno ter determinadas condições genéticas, como por exemplo a Síndrome de Down, Patau, Turner ou Edwards.

Publicidade

O exame é simples, sendo realizado através da coleta de sangue da futura mamãe. A esposa do cantor baiano falou um pouco sobre o teste que estava fazendo e explicou que é possível identificar através dele 13 síndromes genéticas que podem acometer o bebê. Ela falou que fez a ultrassonografia, mas resolveu fazer o exame complementar. “Vim fazer um exame super legal para ver o DNA do neném. Esse exame eu vou fazer do meu sangue para a gente ver o DNA do nené. Chama-se NIPT panorama e ele consegue detectar 13 síndromes genéticas do neném, é uma questão que eu quero fazer”, explicou aos seguidores.

Publicidade

A famosa também revelou que já começou a fazer a fisioterapia obstétrica, cujo objetivo é fortalecer a musculatura da pelve. Os exercícios são feitos uma vez por semana e vai ajudar durante o período gestacional e também no pós-parto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade