in

Ator afirma que transplante capilar foi a melhor decisão que tomou na vida

Os seus cabelos começaram a cair desde os 18 anos e teve que passar por vários tratamentos, mas sem resultados

Uol TV

Os problemas com a queda de cabelo faziam com que a auto estima de Sérgio Guizé vivesse em baixa e por esse motivo tomou uma decisão.

Publicidade

Há seis meses, o ator resolveu fazer um transplante capilar numa clínica especializada, em São Paulo.

Diante do resultado satisfatório, o ator não esconde que se submeter a essa cirurgia foi a melhor decisão que tomou nos seus 40 anos de vida.

Publicidade

Ele também garante que os seus cabelos se tornaram mais volumosos e naturais, o que lhe deixou bastante feliz com o processo todo, embora estivesse com um certo medo, pois chegou até imaginar que seria bem pior. Mas, se soubesse que seria tão tranquilo teria bem feito antes, pois a sua auto estima, agora, está lá em cima.

Publicidade

Sérgio informa que a calvície é um problema de família e sempre gostou de cabelos volumosos, mas eles começaram a cair a partir dos 18 anos e por questão pessoal passou por vários tratamentos, que não alcançaram o resultado desejado.

Publicidade

Quando era cabeludo, entrou para o tiro de guerra e para não ser alvo de gozação por parte dos seus amigos, resolveu cortar o cabelo e fazer um topete quando percebeu que o problema já se iniciava.

Antes de optar pelo transplante, o ator, durante 5 anos,  fez um tratamento com aplicações semanais de microagulhamento.

Longe das novelas desde que viveu o Chiclete em “A Dona do Pedaço”, o ator já namorou Alessandra Negrini, a produtora de moda Marina Previatto e Nathália Dill. Em 2018, oficializou sua união com a atriz Bianca Bin. Logo após o casamento, resolveram mudar do Rio de Janeiro e compraram um sítio em Indaiatuba, no interior de São Paulo, para ficarem mais próximos da natureza. O casal continua residindo nesse local.

Publicidade
Publicidade