in

Rodrigo Bocardi reclama no ar ao ser acusado de xenofobia por telespectador

Catraca Livre

Sempre no centro de diversas polêmicas pelos comentários feitos nos telejornais, mais uma vez o âncora de telejornais da TV Globo, Rodrigo Bocardi, viralizou na internet após um recorte levado às redes sociais acerca da edição do jornal da última sexta-feira.

Publicidade

O jornalista ficou bastante desconfortável e constrangido com um telespectador do “Bom Dia São Paulo”, que enviou uma comentário embaraçoso para o âncora na última sexta-feira. O rapaz criticava Bocardi em razão de um comentário feito a respeito do calor que fazia em Cuiabá, capital do Mato Grosso. 

Na ocasião, Rodrigo Bocardi conversava com a repórter Cristina Mayumi quando o comentário apontado como xenofobia por um telespectador foi feito. O apresentador fez questão de não deixar passar em branco o recebimento da mensagem e optou por levar o caso para o ar. 

Publicidade

Os telespectadores foram surpreendidos também pela forma como Rodrigo Bocardi fez questão de iniciar o assunto. O âncora estava debatendo um assunto como Ananda Apple nos estúdios do telejornal global e de repente abriu espaço para as mensagens enviadas pelos telespectadores do telejornal.

Publicidade

Bocardi explicou ao público que havia pedido para a produção da atração que trabalha com o monitoramento das redes sociais separar uma mensagem e ironizou: “Pedi para o pessoal das redes sociais separar um comentário muito bom”, disse. Em seguida, o jornalista apresentou o comentário de um rapaz chamado Emerson e fez questão de se defender. O comentário acusava Rodrigo Bocardi de ter cometido xenofobia. 

Publicidade

O telespectador enviou uma mensagem pela plataforma digital do Twitter e afirmou que Bocardi teve requintes de xenofobia ao conversar com a repórter. Na ocasião Cristina dizia a Bocardi que por ter origem na região centro-oeste do Brasil não estava acostumada com o frio de São Paulo. Bocardi respondeu a repórter em tom de brincadeira dizendo que durante uma passagem que teve em Cuiabá produzindo uma reportagem também sofria, mas como o calor, e que teve que usar uma toalha toda hora que entrava ao vivo em frente à câmera, porque transpirava muito com o clima quente. Foi o suficiente para que o telespectador o acusasse de possuir “requintes de xenofobia”.

O âncora fez questão de ler ao vivo a íntegra do comentário enviado e rebateu a acusação. O jornalista disse que, infelizmente, chegamos a um ponto em que falar da temperatura de uma região do país representa xenofobia. “Então você não pode nem respirar mais, porque você está cometendo alguma indelicadeza”, disse o jornalista. Ele ironizou ainda mais a acusação ao questionar se poderia ser acusado também de “arfóbico” porque estaria respirando.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.
Instagram: @AlessandroLoBianco