in

Pastor que disse estar orando pela morte de Paulo Gustavo recebe dura punição

UOL/Montagem

O ator Paulo Gustavo continua internado em estado crítico em uma unidade de saúde particular do Rio de Janeiro. O artista, de 42 anos, está recebendo cuidados médicos no hospital há pouco mais de um mês e, segundo o marido, o dermatologista Thales Bretas tem apresentado altos e baixos em seu quadro.

Publicidade

Desde a internação de Paulo Gustavo, que é um ator bastante querido pelo público brasileiro, diversos fãs começaram correntes de oração através das redes sociais, clamando pela recuperação do artista, que tem dois filhos pequenos.

Mas, enquanto muitos oram para que Paulo se recupere e volte para casa, há também quem deseje sua morte. Recentemente, um pastor da igreja Assembleia de Deus se manifestou através de uma rede social afirmando estar rezando para que o famoso morra.

Publicidade

Esse é o ator Paulo Gustavo que alguns estão pedindo oração e reza. E você vai orar ou rezar? Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si“, disse o religioso, compartilhando junto à publicação uma fotografia na qual o artista aparece em uma cena na igreja.

Publicidade

A frase do pastor rapidamente gerou repercussão entre os internautas por todo o país. Foi então que alguns grupos LGBTQIA+ se manifestaram criticando o posicionamento do religioso. Agora, as entidades emitiram uma nota afirmando que estão processando o responsável pela fala homofóbica.

Publicidade

“É urgente que crimes como estes sejam enquadrados da tipificação da LGBTfobia , na lei de combate ao racismo de n. 7.716/2018, e que punições mais rigorosas e severas sejam tomadas”, afirma a nota. O pastor até então não se manifestou para se posicionar acerca do assunto.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.