in

O drama de atriz eternizada na Globo: com 81 anos, não tem dinheiro para pagar nem aluguel e precisa se mudar

Reprodução: O Fuxico / Logo Download / IMDb - Fotomontagem por Vieira Filho

A atriz Suely Franco, de 81 anos, que estrelou clássicos da televisão brasileira, como Sítio do Pica-Pau Amarelo, teve sua vida duramente afetada pela pandemia da Covid-19.

Publicidade

Assim como diversos atores que tiveram seus trabalhos suspensos em virtude das recomendações voltadas à prática do isolamento social que a crise mundial propiciada pela pandemia exigiram, Suely Franco se viu sem contratos com a televisão, o que a obrigou a mudar-se de onde morava.

Impossibilitada de pagar o valor exigido pelo condomínio do apartamento onde morava, localizado no bairro do Catete, zona sul do Rio de Janeiro, a atriz se viu obrigada a sair do local para onde havia se mudado em virtude de seus problemas no joelho e voltar ao seu antigo endereço.

Publicidade

Suely vive de suas economias oriundas da vida artística

Em entrevista concedida à coluna do jornalista Ancelmo Gois, do O Globo, Suely contou que está sobrevivendo com o dinheiro de suas economias oriundas de sua vida artística. A atriz também contou ao colunista que, neste ano, participou de um espetáculo on-line financiado pela Lei Aldir Blanc, mas que seus recursos financeiros que garantem sua vida não foram provenientes da apresentação.

Publicidade

Carreira da atriz

Suely Franco, em sua carreira de intérprete iniciada no teatro no ano de 1961, participou de clássicos como O Espigão, O Cravo e A Rosa, Cuca Legal, Gabriela Cravo e Canela e A Selvagem. Em relação aos seus trabalhos mais atuais, a atriz deixou sua marca em A Dona do Pedaço, Detetives do Prédio Azul, Tamanho Família e Êta Mundo Bom!.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade