in

Hemorragia, cirurgia e estado crítico: como está Paulo Gustavo após um mês internado

Reprodução/Instagram Paulo Gustavo

Paulo Gustavo vem deixando os seus fãs, admiradores e familiares preocupados com a sua situação. O ator que completou recentemente um mês internado para tratar das complicações causadas pela Covid-19 passou por cirurgia, instalação de válvula, se manteve estável, mas teve o estado de saúde atualizado para “crítico” por sua equipe médica.

Publicidade

Respirando pelo ECMO, uma espécie de pulmão artificial, Paulo Gustavo está na UTI de um hospital localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro. Como sua internação busca encontrar formas de contornar um problema de saúde tão complicado, o ator de Minha Mãe é Uma Peça acabou apresentando altos e baixos e foi submetido a vários tipos de tratamento.

Evolução do tratamento

A imprensa noticiou que Paulo estava internado há um mês, pegando a todos de surpresa. Ele foi intubado em 21 de março, oito dias depois de dar entrada no hospital. A intubação aconteceu por precaução, uma vez que ele estava com dificuldades para respirar.

Publicidade

Em 25 de março, ele apresentou sinais de melhora. Em 1º de abril, Paulo teria apresentado uma evolução favorável, mas acabou sendo diagnosticado como um agravamento súbito em seu estado de saúde, sendo preciso o auxílio do ECMO para que seu tratamento tivesse um auxílio positivo da membrana extracorpórea.

Publicidade

Em 3 de abril, Paulo passou por uma pleuroscopia, onde houve a identificação de uma fístula bronco-pleural, o que estava impedindo a ventilação mecânica adequada.

Publicidade

O estado do humorista foi atualizado para “crítico” no último domingo (11), quando o boletim médico dizia que o quadro dele havia piorado por conta de complicações pulmonares e hemorrágicas.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.