in

Para entrevistar Lula, Pedro Bial afirma que precisaria de detector de mentiras

Reprodução/Noticias da TV /Globo/ TV Cultura

Conhecido como um dos maiores jornalistas do Brasil e responsável por apresentar o Big Brother Brasil por mais de 15 anos, Pedro Bial hoje é dono de um talk show nas madrugadas da TV Globo, o Conversa com Bial, que ocupou o espaço deixado por Jô Soares na faixa chamada Late Night, na televisão.

Publicidade

Bial já entrevistou várias celebridades e inclusive chegou a conversar com personalidades políticas, como o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mas se tratando do ex-presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, o jornalista deixou claro qual seria a condição para aceitar que o petista participasse de seu programa no canal de Roberto Marinho.

De acordo com ele, Lula teria exigido que o programa fosse exibido ao vivo. Em contrapartida, Bial afirma que Lula precisaria ser monitorado por um polígrafo durante a conversa. O polígrafo é o detector de mentiras, aparelho utilizado nos testes da verdade, como já mostrado em programas como Hora do Faro, CQC e Superpop.

Publicidade

Bial é detonado nas redes sociais após comentário

Pedro Bial não foi bem recebido com os comentários feitos durante a entrevista. O colunista do UOL, Mauricio Stycer categorizou a fala de Bial como uma grosseria e ponderou: “Todo entrevistador está sujeito a ouvir mentiras do seu entrevistado. Para evitar esse problema, ou ao menos atenuá-lo, precisa se preparar bem para a conversa”.

Publicidade

Dentre os comentários do post do crítico de televisão, muitos internautas lembraram que o apresentador chegou a entrevistar outras personalidades controversas, como a deputada Flordelis, Olavo de Carvalho e o ex-presidente Fernando Collor de Mello.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.