in

BBB21: Neymar se revolta com a polêmica de racismo do caso entre Rodolffo e João: ‘Mimimi do caralh*’

Reprodução/Instagram

O suposto caso de racismo que Rodolffo teria cometido com uma piada com o cabelo de João Luiz no Big Brother Brasil segue causando repercussão tanto dentro do programa, quanto fora da casa mais vigiada do país.

Publicidade

No jogo da discórdia da última segunda-feira, João relembrou a brincadeira do cantor ao comparar a peruca da fantasia do monstro com o seu cabelo. O professor de geografia chorou ao expor o episódio ao vivo e teve que ser consolado pelos outros participantes do reality. 

Rodolffo tentou se defender da acusação dizendo que a brincadeira foi sem maldade e que o cabelo de João é muito parecido com o de seu pai. Mas os argumentos do cantor não foram bem digeridos nem por João, nem por Camilla, e também pelo público que é fã do programa. 

Publicidade

No entanto, um dos fãs mais famosos do reality saiu em defesa do sertanejo nas redes sociais. Neymar, que sempre comenta a respeito do BBB, se revoltou com toda a polêmica gerada e disparou até xingamentos no seu argumento: ‘Mimimi do caralh***’; disse o jogador do PSG e da seleção brasileira. 

Publicidade

O atleta reforçou seu pensamento dizendo que o mundo de hoje está muito chato e que qualquer brincadeira é motivo para chororô. A fala do jogador dividiu opiniões, com muitos elogiando a postura de Neymar e outros o criticando. 

Publicidade

Assessoria de Rodolffo se pronuncia

A equipe que comanda as redes sociais do cantor pediu perdão em nome do sertanejo após os acontecimentos do jogo da discórdia. Os administradores das páginas assumiram a culpa de Rodolffo e se desculparam com João, além de agradecerem Camilla de Lucas por sua paciência ao explicar a situação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com