in

Padre Fábio de Melo traz revelações sobre vício durante missa e impacta fiéis: ‘Fui escravo dessa porcaria’

TV Globo

Pouco mais de uma semana da morte de sua mãe, o padre Fábio de Melo celebrou uma missa virtual neste Domingo de Páscoa. Durante a celebração, o religioso causou impacto nos fiéis que acompanhavam a transmissão ao revelar um vício que tinha no passado.

Publicidade

Segundo o religioso, por muitos anos ele ficou preso ao vício por refrigerantes, e evidenciou a sua superação para superar a situação, e comemorou o fato de não ingerir a bebida há 20 anos. 

“Eu não, eu sei o tanto que eu fui escravo dessa porcaria. Tem 20 anos que eu não ponho uma gota de refrigerante na minha boca porque era uma escravidão na minha vida. Você acha que eu quero reencontrar o meu escravizador?”, questionou o religioso.

Publicidade

Segundo o padre, ele tomava cerca de 2,5 litros de refrigerante por dia, de forma incontrolável. O sacerdote disse ter “perdoado” o refrigerante, mas disse não gostar da bebida que tanto o prejudicou provocando o vício. 

Publicidade

Ainda na celebração, Fábio de Melo falou sobre a importância do perdão, mas também destacou que não se referia à relacionamentos tóxicos, e frisou que nem sempre a pessoa perdoada deve ser reintegrada à vida da pessoa que foi vítima, evitando assim novas decepções. 

Publicidade

Homenagem

No último domingo (4), Fábio de Melo foi convidado no programa Domingão do Faustão, da TV Globo, e fez questão de prestar uma linda homenagem à mãe, Dona Ana Maria Melo, que morreu no dia 27 de março, vítima de complicações provocadas pelo coronavírus. 

Na atração global, o religioso lamentou o fato de ter que se despedir da mãe com caixão fechado, e relatou todo o drama vivenciado nas semanas que antecederam a morte da aposentada. 

Publicidade
Publicidade