in

BBB21: as polêmicas que levaram Sarah de favorita a odiada pelo público

Reprodução/Gshow

A sister Sarah conseguiu viver momentos intensos no Big Brother Brasil 21. Sarah foi de uma das participantes favoritas do público para uma das participantes mais odiadas, muito por causa do seu atrito com Juliette, mas outras atitudes de Sarah influenciaram negativamente na sua imagem com o público do reality show. A sister vai enfrentar seu terceiro paredão, indicada pela casa e possui grandes chances de sair.

Publicidade

Uma das polêmicas de Sarah foi suas falas sobre a pandemia. Em uma festa no reality show, a sister afirmou que no momento da entrevista para entrar no programa foi questionado a ela se a pandemia em sua visão não existiria, Sarah respondeu que não estava sentindo nada e que ainda só não tinha pegado Covid-19, pois Deus amava ela demais.

A brasiliense afirmou que as regras de isolamento são apenas frescuras e que a doença nem é tão ruim assim, após essa polêmica a própria equipe que controla as redes sociais da sister declarou que a mesma estava equivocada e se desculpou.

Publicidade

Sarah em outro momento foi repreendida por Arthur e suas falas sobre a pandemia apenas cessaram após o apresentador Tiago Leifert revelar aos brothers que a situação da Covid-19 estava muito pior do que quando eles entraram na casa mais vigiada do Brasil.

Publicidade

Outro momento impactante na imagem da sister foi quando Sarah afirmou que apoia o presidente Jair Bolsonaro. Após sua declaração, Sarah perdeu mais de 1 milhão de seguidores em seu Instagram e por dias teve seu nome ligado a uma hashtag no Twitter pedindo a sua saída. A participante conseguiu ir do céu ao inferno durante a sua passagem pelo BBB21 que pode encerrar nesta terça-feira (30).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade