in

Felipe Neto é intimado por chamar Bolsonaro de genocida, mas é ele quem ri por último após decisão da Justiça

Reprodução Globo / Montagem

Felipe Neto ganhou ainda mais notoriedade após passar a emitir opiniões políticas e, quase que sempre, em posição contrária a do presidente da República. Em um dos casos, o youtuber chamou Bolsonaro de ‘genocida’, o que acabou lhe rendendo uma intimação para dar maiores explicações.

Publicidade

Tão logo a situação de Felipe Neto se tornara pública, a repercussão foi imediata. Diversos famosos aproveitaram o gancho para também se posicionarem em defesa da fala do youtuber, dentre eles: Patrícia Pillar, Daniela Mercury, Luisa Arraes, Claudia Abreu, Alexandre Nero, entre outros.

Felipe Neto foi denunciado pelo filho do presidente, Carlos Bolsonaro, tendo recebido a intimação na última segunda-feira.

Publicidade

Tão logo o caso veio a público, representantes do empresário emitiram o seguinte pronunciamento: “Por meio de sua assessoria de imprensa, Felipe Neto afirma que sua equipe jurídica está ciente do ocorrido e já está adotando todas as medidas cabíveis para cessar mais uma tentativa de silenciamento, fruto de uma clara perseguição da extrema-direita, obviamente desesperada pela ascendente perda de popularidade”.

Publicidade

Felipe Neto ri por último após decisão da Justiça do Rio

Na manhã desta quinta-feira (18), o editorial jornalístico da GloboNews noticiou que a Justiça do Rio de Janeiro decidiu suspender as investigações contra Felipe Neto. A acusação, que Carlos Bolsonaro gostaria que Neto respondesse, seria pelo crime ‘contra segurança nacional’. A Justiça do Rio reconheceu o que chamou de ilegalidade da instauração do procedimento e determinou a imediata suspensão das investigações neste caso.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.