in

Boato de venda da Globo repercute na web: quanto o canal custaria ao novo dono?

Fotomontagem: Blog Sala de TV

A Globo se tornou alvo de uma fake News recentemente que deu o que falar nas redes sociais. Isso porque, no sábado, 13, os internautas movimentaram a web com a informações que foi publicada pelo jornal Correio da Manhã, afirmando que a emissora carioca seria vendida.

Publicidade

De acordo com o jornal, o banco BTG Pactual estaria intermediando a negociação com o grupo J&F, dos irmãos Joesley Batista, marido da apresentadora Ticiana Villas Boas, e Wesley Batista. Ainda de acordo com informações, a Globo seria comprada pelo valor de R$ 25 bilhões, e neste preço também estariam ligados todos os veículos digitais ligados a emissora.

Contudo, o boato não demorou muito para ser desmentido pelos envolvidos. Através de uma nota divulgada pela empresa de comunicação da família Marinho, foi afirmado que as informações divulgadas pelo jornal Correio da Manhã “são absolutamente falsas”. Segundo o comunicado, não há e nunca houve qualquer intenção de venda da Rede Globo por parte dos seus acionistas legais. Além disso, a J&F e o Pactual também fizeram questão de desmentir as informações.

Publicidade

Segundo informações divulgadas pelo ranking Brandz Brasil, apenas a emissora Globo, sem os seus veículos digitais, custaria US$ 3.295 bilhões (cerca de R$ 18,3 bilhões) para o comprador. A Globo está entre as seis emissoras mais valorizadas do Brasil e a sua cotação é 10X maior dos que da emissora de Silvio Santos, o SBT.

Publicidade

O valor da Globo é impressionante, no entanto, a emissora carioca já foi mais valorizada. No ano de 2018, a emissora era avaliada em US$ 4.318 bilhões (cerca de R$ 24 bilhões).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade