in

William Bonner desmente Bolsonaro ao vivo no Jornal Nacional: ‘Não é verdade’

Reprodução Globo

William Bonner desmentiu o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) ao vivo no Jornal Nacional desta quinta-feira, 11 de março. Bonner anunciou reportagem sobre as declarações de Bolsonaro criticando medidas de isolamento adotados por governadores, especialmente o que ocorre no Distrito Federal.

Publicidade

“O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o lockdown adotado em cidades brasileiras como forma de conter o avanço da pandemia. Bolsonaro criticou os governadores, especialmente o do Distrito Federal, Ibanêis Rocha, que decretou toque de recolher das 10 da noite às 5 da manhã”, disse Bonner.

“Mas na crítica o presidente chamou de estado de sítio esse toque de recolher, o que não é verdade”, afirmou o âncora do Jornal Nacional, frisando a última parte da frase. Em seguida, entrou no ar reportagem com as declarações de Bolsonaro.

Publicidade

O presidente disse que só ele poderia decretar o que foi decretado pelo governo do Distrito Federal. Quando voltou para os estúdios, Bonner novamente se contrapôs a Bolsonaro e mostrou que o chefe do Executivo estava errado no que afirmou.

Publicidade

“Na verdade, em casos de emergência de saúde pública, a lei 13.979 concede às três esferas de governo o direito de adotar medidas restritivas, como isolamento, quarentena e restrição à locomações, entre muitas outras”, finalizou Bonner.

Publicidade

Jornal Nacional x Bolsonaro

Desde o começo da pandemia, o Jornal Nacional de Bonner e Renata Vasconcellos tem se esmerado em corrigir, retificar e criticar declarações do presidente Bolsonaro. Nas redes sociais, apoiadores do político não gostam. Críticos de Bolsonaro defendem o telejornal da TV Globo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!