in

Pai de duquesa não acredita que Família Real britânica é racista

Foto: Getty

Nesta terça-feira, 9, o pai da duquesa de Sussex, Thomas Markle, afirmou que não consegue acreditar que a Família Real britânica possa ter práticas racistas. Em entrevista realizada para a televisão britânica, Thomas, disse que acredita que o caso citado pela filha em entrevista, não passou apenas de uma ‘pergunta idiota’.

Publicidade

Meghan Markle, recentemente, concedeu uma entrevista a Oprah Winfrey, famosa apresentadora americana, em que mencionou que um membro da realiza britânica teria se preocupado com a cor que nasceria o filho de Megan e Príncipe Harry.

O filho do casal, Archie,  não possui o título de príncipe, mas com o questionamento a duquesa supôs que  a cor de sua pele do seu filho poderia influenciar negativamente na imagem da Coroa britânica. A notícia rapidamente se espalhou pela mídia, e o príncipe Harry interveio e afirmou que a rainha Elizabeth II e nem o príncipe Phillip, seu marido, estiveram envolvidos no caso mencionado na entrevista.

Publicidade

O pai da duquesa de Sussex, disse à ITV: “Tenho grande respeito pela realeza e não acho que a Família Real britânica seja racista. Não acho que os britânicos sejam racistas, acho que Los Angeles, Califórnia é racista, mas não acho que os britânicos sejam racistas“.

Publicidade

Apesar do comentário infeliz feito por um membro da Coroa real britânica, Thomas, afirmou que o comentário deve ser investigado, pois não há motivos para a cor da pele de um bebê influenciar negativamente na imagem de uma Família Real. Para o pai de Megan, o comentário foi apenas uma pergunta idiota e estúpida.

Publicidade

Meghan Markle ganhou notoriedade quando decidiu com o seu marido, príncipe Harry,  abdicar as regalias e costumes da Coroa britânica, para viverem uma vida comum.

Publicidade
Publicidade
Publicidade