in

Perícia inicial aponta detalhes da morte de assessor de Leonardo; tiro na perna pode matar?

Instagram Leonardo / Dreamstime

Um tiro na mão e outro na perna. Foi assim que a Polícia Técnico Científica encontrou o corpo de Nilton Rodrigues da Silva, o Passim, assessor do cantor Leonardo. Passim foi encontrado morto no banheiro da suíte onde estava hospedado na Fazenda Talismã.

Publicidade

Esta fazenda é de propriedade de Leonardo e está localizada na cidade de Jussara, região oeste do estado de Goiás. Após perícia inicial, a polícia descartou a ideia de suicídio e acredita em tiros acidentais da arma Glock 380 que Passim manuseava.

O primeiro tiro atingiu a mão dele. Com isso a arma caiu no chão e houve um novo disparo, dessa vez na perna. A polícia acredita que o acidente aconteceu por volta das 2h. O corpo só foi encontrado às 12h30, após Leonardo sentir falta do amigo.

Publicidade

Tiro na perna pode matar?

Muitas pessoas podem questionar se um tiro na mão e outro na perna pode levar a morte. A resposta é sim, dependendo da área que seja atingida. De acordo com a polícia, Passim foi para o banheiro após levar o tiro para tentar estancar o sangue.

Publicidade

O problema é que se o tiro acertou a artéria femoral – laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve confirmar isso – as chances de morte são muito grandes. A femoral é uma das principais artérias do corpo humano ao lado da aorta, carótida, pulmonar e renais.

Publicidade

“(as artérias femorais) são prolongamentos da artéria aorta, havendo uma artéria femoral em cada perna. Além disso, são as principais responsáveis pela chegada de sangue oxigenado para os membros inferiores”, explica texto de Vanessa Sardinha dos Santos publicado pelo site Mundo da Educação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!