in

Empregada de Leonardo abre o jogo sobre ato do cantor antes de encontrar assessor morto

Instagram Leonardo

O cantor sertanejo Leonardo está muito abalado com a morte do assessor e amigo Nilton Rodrigues da Silva. Passim, como era conhecido, era considerado por Leonardo como um irmão. Nesta quinta-feira (04), Leonardo estranhou a ausência do amigo na fazenda Talismã, em Jussara, região oeste de Goiás.

Publicidade

Leonardo foi até o quarto de Passim para chamá-lo. Como não obteve sucesso, o cantor deu ordem a funcionários da fazenda que arrombassem a porta. A informação foi dada por uma das empregadas que trabalham no local e revelada pelo delegado responsável pelo caso, Kléber Toledo.

“(Leonardo) estava com outros funcionários da fazenda e, como o Passim não saía do quarto após ser chamado, o Leonardo, segundo uma funcionária, mandou arrombar a porta”, afirmou Kléber Toledo. Passim estava morto na banheiro da suíte onde dormia.

Publicidade

De acordo com o delegado, o homem manuseava uma arma de fogo quando um disparo acidental atingiu sua mão. A arma caiu no chão e outro disparo aconteceu, dessa vez na região da virilha de Passim. O assessor de Leonardo se dirigiu ao banheiro para tentar estancar o sangue, mas morreu ali mesmo.

Publicidade

Os disparos com a arma Glock 380 teriam ocorrido às 2h e o corpo só foi encontrado às 12h30 desta quinta-feira (4). A Polícia ainda deve ouvir testemunhas presencialmente. A princípio, acredita-se tratar de um acidente. Suicídio foi descartado após perícia no local. Ainda não se sabe em nome de quem a arma estava registrada. Leonardo já se manifestou sobre a morte nas redes sociais. O cantor está abalado com tudo o que aconteceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!