in

Bonner e Renata agitam o Brasil com notícia mais triste do dia no Jornal Nacional

Reprodução Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos estão à frente do Jornal Nacional, o telejornal mais assistido da TV brasileira. Diariamente, os jornalistas entram na casa de milhões de brasileiros para informá-lo, mas nem sempre as notícias são boas.

Publicidade

No JN, Bonner e Renata deram nova notícia triste ao Brasil em relação à pandemia do coronavírus. “Pelo segundo dia seguido, a pandemia no Brasil teve o maior número de mortes no intervalo de 24 horas”, anunciou a apresentadora do telejornal, chamando em seguida o jornalista Alan Severiano.

O número de mortes por Covid-19 no período de 24 horas chegou a 1.840, o maior desde o começo da pandemia, em março do ano passado. No intervalo de 24 horas, foi registrado mais de uma morte por minuto. A situação é de calamidade em todo o país.

Publicidade

Publicidade

O Brasil chegou a 259.402 óbitos em decorrência da doença causada pelo coronavírus. No Jornal Nacional, Alan Severiano comparou as mortes por Covid com o acidente do avião da Air France, em 2009, na rota Rio-Paris, que vitimou 228 pessoas. O número de mortes por Covid-19 em 24 horas equivale a oito acidentes.

Publicidade

Jornal Nacional destaca mortes por Covid-19

O telejornal apresentado por Bonner e Renata também mostrou que a média móvel de casos e de mortes estão em alta. Em relação às mortes, a média é de 1.332, 29% maior do que o número de duas semanas atrás. Ao todo, 16 estados estão com alta no número de mortes. Oito estados estão em estabilidade. Apenas Amazonas e Amapá estão em queda. O JN também informou que 7.351.265 brasileiros já receberam a primeira dose da vacina. 2.303.850 pessoas receberam a segunda dose.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!