in

William Bonner volta ao Jornal Nacional e exibe notícia que contraria drasticamente Bolsonaro

William Bonner retornou ao comando do Jornal Nacional depois de alguns dias de folga. Os telespectadores gostaram do retorno do âncora e editor-chefe do telejornal exibido pela TV Globo. O JN é líder de audiência em todo o Brasil e exibiu notícia que contraria o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Publicidade

“A Organização Mundial da Saúde publicou hoje mais um parecer contrário ao uso da hidroxicloroquina durante a pandemia. Dessa vez os estudos avaliaram e rejeitaram o uso deste medicamento como forma de prevenção à Covid”, anunciou Bonner.

Em seguida, entrou no ar a reportagem sobre o tema. O comunicado feito por um grupo de especialistas da OMS foi divulgado pelo conceituado British Medical Journal. Está é uma das publicações mais respeitadas do mundo. Seis ensaios clínicos randomizados envolvendo mais de seis mil participantes mostraram que o remédio não é eficiente.

Publicidade

Publicidade

OMS contraria Bolsonaro e Jornal Nacional mostra tudo

O estudo divulgado pela OMS contraria o presidente Jair Bolsonaro. Desde o começo da pandemia, Bolsonaro é um defensor ferrenho da hidroxicloroquina como tratamento precoce à Covid-19. O Jornal Nacional mostrou que recomendação não é eficaz.

Publicidade

Oficialmente, não há tratamento precoce contra a Covid. A recomendação da OMS e de outras entidades é para que as pessoas usem máscara, mantenha o distanciamento social, lavem as mãos com água e sabão e usem álcool em gel. A vacina é o meio mais eficaz de combate à doença. No Brasil, mais de 6 milhões de pessoas já foram vacinadas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!