in

Reviravolta: influencer brasileira de 26 anos morre após lipo e médico é acusado de homicídio

Liliane dos Santos Amorim de apenas 26 anos era conhecida por ser uma digital influencer. Ela morreu no dia 24 de janeiro, após se submeter a um procedimento de lipoaspiração e agora, pouco mais de 1 mês após sua morte, o médico cirurgião que operou a jovem foi formalmente acusado de ter cometido homicídio culposo.

Publicidade

Nas palavras do delegado Luiz Eduardo, que esteve a frente das investigações, houve falta de cuidados e cautela’. “Com tudo o que foi investigado e todos os elementos colhidos no curso das investigações, ficou evidente que se trata da possibilidade de um homicídio culposo, onde o médico não previa o risco de produzir o resultado. Contudo, por falta de cuidados e cautelas, teria causado o resultado grave”, disse o profissional.

A digital influencer, que produzia conteúdo sobre viagens, saúde e beleza e contava com mais de 260 mil seguidores em suas redes sociais, foi internada em 15 de janeiro deste ano, tendo falecido 9 dias após a internação.

Publicidade

O delegado ainda apontou que a atuação do médico foi marcada por “imprudência e negligência”. Já a defesa do médico disse que ele “nega de maneira veemente que tenha agido com imprudência ou negligência na condução do caso, o que ficará demonstrado no decorrer da apuração dos fatos”.

Publicidade

Liliane Amorim foi internada no dia 15 de janeiro, na ocasião ela teria relatado mal-estar, sentido dores no abdômen e com dificuldade de se alimentar. O delegado ainda mencionou que a alta hospitalar de Liliane teria sido realizada de forma prematura, de acordo com as investigações.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.