in

BBB21: após queixas por injúria, Justiça arquiva nove denúncias criminais contra Karol Conká

TV Globo

Por recomendação do Ministério Público, a Justiça do Rio de Janeiro decidiu arquivar nove denúncias que havia recebido contra Karol Conká. A rapper de 34 anos se tornou foco de várias investigações pelo crime de injúria, por causa de alguns comportamentos que teve no período que ficou confinada no BBB21, principalmente contra Lucas e Juliette.

Publicidade

Durante duas semanas, os juízes da Vara Criminal do Rio de Janeiro, publicaram as decisões que livram a cantora de ações judiciais e de inquérito policial.

No início do mês passado, quando a artista ainda estava no reality global, o Ministério Público começou as investigações contra ela. O órgão recebeu 25 denúncias contra a mesma, que seguiram para as promotorias encarregadas.

Publicidade

No decorrer da sua passagem pela atração, algumas atitudes dela contra Lucas e Juliette deixaram os fãs do reality revoltados nas redes sociais. A cantora isolou o ator dos demais participantes e a foi acusada pelos internautas de praticar violência psicológica contra ele.

Publicidade

No dia 1° de fevereiro, enquanto o jogo da discórdia estava no intervalo, Karol disse que Lucas era abusador, na manhã seguinte, eles conversaram e zeraram tudo.

Publicidade

O comportamento dela com a paraibana também foi motivo de acusações. Ainda em janeiro, a cantora fez críticas ao jeito da maquiadora e ainda ao comportamento dela por ser paraibana. Na ocasião, a rapper justificou que é de Curitiba, e tem muita educação para falar com as pessoas.

A fala não foi bem vista aqui fora e, depois da repercussão negativa, a equipe da cantora afirmou que a morena havia cometido um erro e se desculpou com os nordestinos.

Publicidade
Publicidade