in

Amor de Mãe usará ‘contador de mortos’ por coronavírus para marcar passagem de tempo

TV Globo

Manuela Dias colocará o dedo na ferida quando falar sobre a pandemia em Amor de Mãe, que retornará fazendo uma recapitulação dos principais momentos a partir do próximo dia 1°. Já nos capítulos inéditos, a novela terá uma passagem de tempo que irá mostrar a vida dos personagens de cabeça para baixo, por causa da crise sanitária, mas, o salto temporal não será contada em dias ou meses, mas, sim, o número de mortos pelo coronavírus.

Publicidade

A contagem começará exibindo nove mil mortos, o número que o país atingiu no mês de maio do ano passado, e voltará a ser mostrada a cada capítulo para o público entender sobre o avanço da doença no Brasil.

Manuela Dias contou, ao Notícias da TV, que avançou seis meses para pular a parte que as pessoas ainda estavam tentando entender a Covid-19, mas não quis colocar uma data para que a pandemia na novela não se findasse antes da realidade.

Publicidade

A roteirista afirmou que, no início, foi contra falar sobre o vírus na trama, mas mudou de ideia para se manter fiel à realidade, que foi o ponto principal da trama desde o início. Manuela adiantou que o vírus entrou no folhetim como foi na vida real, não respeitando nenhum tipo de barreira social.

Publicidade

Manuela Dias também tomou a decisão de facilitar o retorno das gravações nos Estúdios Globo, após a emissora ter estabelecido todos os protocolos de segurança.

Publicidade

Ela ponderou que fez de tudo para facilitar essa situação de guerra, porque uma história sem fim é algo que nunca existiu. Tudo que não poderia acontecer na novela era o isolamento, porque é uma mãe que está buscando pelo filho. E ninguém consegue procurar por uma pessoa estando dentro de casa, e esse foi o maior problema. Ela garantiu que o público não irá notar qualquer diferença nas gravações dos capítulos inéditos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade