in

BBB21: Karol Conká diz que seu pai foi preso e espancado no lugar de um homem branco: ‘Por ser preto’

Reprodução/Globo

No Big Brother Brasil 21, Karol Conká desabafou durante uma conversa sobre racismo com o brother Rodolffo. Karol contou que o seu pai já chegou a ser preso e agredido injustamente por ser negro e no lugar de um branco.

Publicidade

A rapper relatou que o seu pai foi preso “por ser preto” e ainda por um crime que não cometeu. A sister conta que além de ser preso o seu pai ainda apanhou, no entanto, tudo teve fim após a prisão do verdadeiro criminoso, que “era um cara branco”.

Durante a conversa, Karol ainda afirmou que os negros sofrem com episódios racistas frequentemente, como, por exemplo, quando entram em uma loja e logo se tornam alvo dos seguranças. Mesmo diante das declarações, a rapper disse não gostar de ser taxada como uma vítima.

Publicidade

Antes de falarem sobre racismo, o sertanejo Rodolffo ainda chegou a comentar com Karol como aconteceu o seu processo de separação da blogueira e ex-BBB Rafa Kalimann. Segundo o brother, a ex-sister foi sábia em realizar o desligamento através de um processo lento, isso no objetivo de não causar dor.

Publicidade

Vale ressaltar que está edição do BBB está dando o que falar. Recentemente, até o vereador Thammy Miranda usou suas redes sociais para afirmar que irá processar uma das confinadas do reality show: Lumena. O vereador pretende mover uma ação judicial devido a algumas atitudes da psicóloga com a atriz Carla Diaz, que também está confinada no BBB21. Ao comentar sobre o assunto, Thammy chegou a se referir a Lumena como “imbecil” e destacou uma das frases mais polêmicas da sister, quando ela disse: “essa branquitude de merda”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade