in

BBB21: Kléber Bambam, primeiro vencedor do reality, declara torcida para um dos participantes mais queridos da edição

IG

Em participação no ‘Vou Te Contar’ desta quarta-feira (17), o primeiro ganhador do BBB, Kléber Bambam, analisa o reality e diz que antes as edições eram ‘raiz’ e agora são ‘nutella’. “Ninguém pode xingar ninguém. Tudo é preconceito, racismo, feminismo, machismo, cancelamento. Na minha época a gente falava mesmo, doa a quem doer. As pessoas entram no Big Brother, nos últimos anos, para ganhar mais seguidores e visibilidade, não pensando só no prêmio. Então, não se soltam lá dentro e ficam muito em cima do muro”, expõe.

Publicidade

Na conversa com a apresentadora Claudete Troiano, Kléber fala da saída de Nego Di, que teve recorde de rejeição com 98,76% dos votos em um paredão triplo. “Não deu tempo de mostrar tudo dele. Só quem vive lá dentro pode dizer a tensão e a pressão psicológica que é”, avalia, mencionando também a saída de Lucas Penteado desta edição. “A pessoa pedir para sair não quer dizer que foi derrotada e nem sempre o protagonista é quem ganha.”

“Um exemplo disso é Sabrina Sato e Grazi Massafera. Quem hoje é famoso do Big Brother? Todo mundo que já participou tem méritos, mas falar que é famoso [não condiz]… Às vezes a pessoa anda na rua e ninguém sabe quem é. O Lucas é o protagonista, está claro isso, como foi o Babu no ano passado. Tem que aproveitar esse momento para construir uma carreira sólida’’, conclui Bambam, revelando que está na torcida pelo pernambucano Gil.

Publicidade

Ao vivo de segunda a sexta-feira, o ‘Vou Te Contar’ é exibido às 10h30, na RedeTV!.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.