in

Após pedir ajuda a Bolsonaro para pagar dívidas, Naiara Azevedo fala sobre trabalhar no Carnaval

TV Globo

A participação de Naiara Azevedo no Encontro com Fátima Bernardes na manhã de hoje(12), causou revolta no público. A loira foi chamada de “bolsominion” pelo fato de ter participado de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e pedir alternativas para que os artistas possam retornar ao trabalho em meio à pandemia ou comecem a receber uma ajuda financeira do governo.

Publicidade

Esta foi a primeira vez que a atração contou com apresentações ao vivo e mais de um convidado presente no estúdio desde que iniciou a pandemia. Naiara dividiu o espaço com Lexa, Márcio Victor e Bruno Cardoso. Os artistas cantaram hits de axé que se consolidaram hinos do Carnaval e ainda relembraram alguns sucessos de suas carreiras.

No decorrer da conversa com os convidados, a titular do matinal perguntou para Naiara se para ela o Carnaval significa brincar ou trabalhar. A loira disse que é trabalhar e ainda defendeu o discurso de que é necessário estar em cima dos palcos.

Publicidade

Em seguida, disse que costuma se divertir quando está no palco, ao ver como as pessoas estão felizes, e isso é contagiante. Afirmou que com a quarentena aprendeu a ficar mais grata, e que estava muito feliz por ter a oportunidade de ficar com o microfone novamente na mão, de poder cantar e colocar a voz para fora.

Publicidade

No final do ano passado, Naiara gravou vários Stories no Instagram pedindo pelo retorno da rotina de shows, que tiveram que ser cancelados no início da pandemia da Covid-19 no país no mês de março. A cantora chegou a dizer que estava acumulando dívidas porque não conseguia trabalhar e pediu ajuda a Bolsonaro para que os artistas pudessem arcar com seus gastos mensais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade