in

Ana Furtado fica constrangida e não segura as lágrimas ao vivo no ‘É de Casa’

TV Globo

Sentindo saudade do pai, Ana Furtado chorou no término do ‘É de Casa’ na manhã de hoje (6). A apresentadora não segurou as lágrimas quando viu a mensagem de uma telespectadora falando sobre a falta de estar com o patriarca, um senhor de idade, devido à pandemia do coronavírus. Constrangida, a funcionária da Globo pediu“desculpas pela emoção”.

Publicidade

A telespectadora Maristela mandou para o matinal uma foto ao lado do pai, com a mensagem de que estava sentindo saudade dele. Ao ler o recado, Patrícia Poeta comentou que também estava com saudade do dela. Nesse instante, Ana não segurou a emoção, começou a chorar e o som vazou no programa ao vivo através do microfone dela.

Enquanto a colega tentava se recompor, Patrícia continuou que ela não via seu pai desde que a pandemia começou aqui no Brasil, e estava com muita saudade, além de estar fazendo a contagem regressiva para que o idoso possa ser vacinado logo.

Publicidade

O apresentador Manoel Soares fez uma receita no programa e serviu as profissionais da atração. Na sequência, elas começaram a se despedir do público, e Ana explicou o que houve.

Publicidade

Ao fazer uma pausa para respirar, ela comentou que todos estavam falando sobre saudade. Com a voz ainda embargada, a esposa de Boninho disse que estava muito emocionada com a mensagem que a mulher dizia sentir saudades do pai.

Publicidade

A apresentadora avisou que a pandemia trouxe isso para todos, a saudade de estar com as pessoas que amamos. Em seguida, disse que ama o pai, está morrendo de saudade e não vê a hora de abraça-lo.

Publicidade
Publicidade