in

Morte da artista Sophie causa grande comoção, ela tinha apenas 34 anos

Reprodução/SZNews

O ano de 2021 chegou prometendo muita esperança para todos, sobretudo por conta da vacina contra o coronavírus, mas mesmo com tantas boas energias do novo ano, já existem muitas notícias ruins e esta faz parte desta triste realidade. 

Publicidade

O ramo da arte amanheceu mais triste neste sábado (30), o motivo é que, de acordo com informações da assessoria da artista, a DJ, produtora e cantora escocesa Sophie faleceu em Atenas, na Grécia. Ela tinha 34 anos. A assessoria de imprensa confirmou a morte dela através de um comunicado à revista NME e pediu privacidade aos familiares no momento de dor. 

A causa do óbito não foi informada de maneira precisa, mas fala-se em um “acidente repentino”. De acordo com a gravadora Future Cassic, o motivo da morte teria sido uma queda de um local alto, onde ela teria subido para ver a lua cheia.

Publicidade

Sophie foi a primeira artista transexual a ser indicada ao Grammy Awards, maior premiação da música mundial. Nascida em Glasgow, na Escócia, ela foi indicada ao Grammy no ano de 2019 na categoria Melhor Álbum de Dance e Eletrônica.

Publicidade

No texto, é informado que sua morte aconteceu por volta das 4h da manhã deste sábado em sua casa, em Atenas. O comunicado ainda afirma que Sophie foi pioneira em um novo estilo de música e uma das artistas mais influentes na última década em questões de produção, criatividade e a mensagem que carregava: “Um ícone de libertação“. 

Publicidade

Nas redes sociais, muita gente comentou sobre a morte da famosa: “Eu admirava demais ela. Extremamente visionária“, escreveu uma usuária do Twitter. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.