in

Fontenelle comenta sobre 1ª mulher vacinada, é criticada e tem post marcado como fake news no Instagram

Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1

Antonia Fontenelle causou polêmica na web após usar suas redes sociais para comentar a respeito de Mônica Calazans, voluntária que foi a primeira mulher a ser vacinada contra o coronavírus no Brasil.

Publicidade

A atriz se mostrou revoltada ao compartilhar uma matéria mostrando que a enfermeira já havia sido voluntária nos primeiros testes realizados da vacina CoronaVac. Desta forma, Mônica recebe duas doses do imunizante e não recebeu nenhuma reação.

Fontenelle afirmou que Calazans já havia sido “cobaia” da vacina há algum tempo, e agora aparece novamente tomando mais uma dose do imunizante. “Tomando a vacina pela terceira vez “Tomando a vacina pela terceira vez”, enfatizou a loira.

Publicidade

Em seguida, a artista diz que diversos globais e seus “textos lacradores” relatam que a primeira mulher a ser vacinada no país é negra, no entanto, diz que a seu ver essa história está confusa por diversos motivos. Um desses motivos, segundo Fontenelle, é qual a importância de enfatizar que Mônica é negra. “Qual a diferença?”, questionou a loira. E mais, Fontenelle diz que “essa gente é tão lixo” que acabam não percebendo o fomento do racismo que eles acham que não estão cometendo.

Publicidade

Diante disso, para resumir, a loira disse que irá esperar até que os pretos, brancos, pardos e albinos tomem o imunizante para que depois ela decida se irá tomar ou não.

Publicidade

Antonia faz questão de ressaltar que a sua publicação não é política, mas sim responsável e coerente, contudo, quem achar ao contrário ela deseja: “F***-SE”.

Com a repercussão de suas declarações, Fontenelle começou a ser duramente criticada pelos internautas. Um usuário das redes sociais disse que provavelmente Calazans participou dos estudos e voluntários antes mesmo da aprovação para a campanha. Outra, também ressaltou que a senhora foi uma das participantes da pesquisa, por isso, das primeiras vezes ela tomou “placebo” e agora foi selecionada para receber a verdadeira vacina.

Depois de algum tempo, a publicação da atriz foi marcada como fake news pelo Agência Lupa, que ressaltou que, na verdade, Mônica só havia recebido placebo durante os testes da vacina.

Publicidade
Publicidade