in

Juiz nega liminar de Nego do Borel contra Duda Reis e contraria o funkeiro

Instagram Duda Reis

Na tarde de hoje (18), a Justiça do Rio de Janeiro rejeitou o pedido de liminar feito por Nego do Borel contra a ex-noiva, Duda Reis. Os advogados do funkeiro fez um pedido em caráter de urgência para que as postagens da digital influencer sobre os dois fossem excluídos da internet, além de pedir para que a moça seja proibida de postar novos vídeos sobre o antigo relacionamento dos dois. O juiz indeferiu a liminar e ainda deu um sermão no cantor.

Publicidade

Segundo informações do Notícias da TV, o juiz Marco Antônio Cavalcanti, escreveu que diante do alto número de casos de feminicídio no Brasil, não se deve admitir qualquer utilização de meios na Justiça para que o suposto agressor venha desqualificar os relatos de Duda no processo.

O magistrado entende que isso seria tentar obstruir a divulgação de informações que foram relatadas pelas vítimas, que dá a entender que se trata de atitudes abusivas e ainda, evitar que o assunto tome conhecimento da opinião pública, ainda mais quando se trata de uma celebridade.

Publicidade

De acordo com a digital influencer de 19 anos, ela havia sido estuprada quando estava dopada de remédios, inclusive narrou que chegou a ser ameaçada com uma faca, além de ter sido xingada, agredida e afastada da família. A moça registrou as acusações na Delegacia da Mulher na cidade de São Paulo, que lhe concedeu medidas de proteção contra o funkeiro.

Publicidade

Publicidade

Além disso, Reis contou vários detalhes sobre o caso durante entrevista ao Fantástico na noite de ontem (17). Borel nega as acusações que pesam contra ele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade