in

Com mais de 200 contratos artísticos, Felipe Maduro aposta em novos talentos e direcionamento de artistas

Divulgação

Agenciador artístico de atores, cantores e influenciadores digitais, o mineiro Felipe Maduro conversou com a coluna sobre os principais desafios do mercado de celebridades. Responsável por inserir um casting de mais de 200 pessoas em programas televisivos e de rádio, o empresário hoje está focado em descobrir novos talentos e orientar os mais variados artistas sobre os desafios encontrados nesta profissão.

Publicidade

Felipe começou sua trajetória – que completa agora sete anos – da mesma forma que muitos modelos. Por meio de um trabalho nas agências de moda. Entretanto, ele resolveu abrir a própria empresa quando se frustrou ao perceber a decepção de alguns modelos que procuravam essas agências para ganhar dinheiro, mas em vez disso acabam gastando mais do que ganhando. E aí ele já faz o primeiro alerta para quem deseja sair do ramo da moda para o mercado televisivo.

Percebia que os modelos chegavam e as agências se preocupavam apenas em ganhar dinheiro produzindo um book ou videobook. Ali a pessoa já sofria um impacto financeiro, pagava, entretanto não existia de fato nenhum plano de carreira para essas pessoas, que muitas vezes entravam animadas e deixavam as agências desacreditadas. Por isso, resolvi abrir uma empresa de agenciamento para direcionar essas pessoas“, conta.

Publicidade

O ideal de Felipe era trazer algo palpável para a vida de quem desejava ingressar no ramo. Oriundo de uma família humilde, ele via em diversos talentos o que percebia dentro da sua casa: uma vontade de trabalhar e crescer, mas, para que isso acontecesse era necessário cavar oportunidades. E foi assim que ele fez uma rede de contatos com mais de 50 produtores de elenco dos mais variados programas e veículos.

Publicidade

O principal desafio então, como um segundo passo foi qualificar as pessoas. Não adiantava cavar oportunidades, era necessário também qualificar o profissional“, conta. Nesse contexto Felipe deixa a segunda dica para quem deseja enfrentar esse ramo: “Não adianta tentar qualificar quem não sonha com muito amor em desempenhar a profissão. Mais importante do que a vontade de ser ser famoso ou algo do tipo, é ser feliz dentro do ofício que desempenha. Ser artista não é fácil, muitas vezes é preciso escutar muito “não” antes das portas se abrirem para o “sim”. Por isso, ter certeza absoluta que se trata de uma vocação, é um dos principais trabalhos que o artista deve reconhecer para estar seguro e sólido dentro desse mercado, uma vez que a concorrência é extremamente larga“, sugere o profissional.

Publicidade

Dentro desse contexto, seja com atores ou cantores ou influenciadores, Felipe avalia todo trabalho, estuda o potencial dos clientes e monta em seguida um planejamento com objetivos e metas a serem alcançadas. “É muito importante, por exemplo, que o artista saiba que, a partir do momento que ele quer ser visto e pretende ter uma oportunidade, estará sendo visto pelos produtores de elenco. Então, é preciso atentar a como ele se comporta, por exemplo, nas redes sociais, para que um trabalho enorme para introduzi-lo em algum programa ou convite não desmorone pelas atitudes e impressões que um produtor vai ter ao conferir esse artista em suas redes“, conta. 

E Felipe sabe o que fala. Recentemente colocou novos atores em grandes desafios e em super produções como as novelas Gêneses, Amor de Mãe, Salva-se quem puder, Nos tempos do Imperador, além de inserir alguns em quadros de programas de entretenimento de grande audiência como o Caldeirão do Huck e o Domingo Legal.

Dessa forma o empresário artístico conta que, muitas vezes, descobrir um talento é mais fácil do que trabalhar com um ator mais experiente: “O novo talento costuma escutar mais o que você orienta de primeira, e não carrega vícios de trabalho que ele acha que funciona e a gente tem a certeza que não.” Nesse sentido, Felipe relembra cantores que colocou no programa Seja Você, do SBT, e que no dia seguinte já recebeu diversos contatos para participações em programas e shows. Um dos grandes clientes que tem é o Klaus Hee, que por meio do agenciamento se tornou jurado fixo do programa. E não qualquer jurado; Klaus é ex-integrante do grupo Dominó. 

Mas engana-se quem pensa que o trabalho duro vem apenas do cliente. Felipe lembra uma situação inusitada quando colocou uma das modelos do seu casting no programa Domingo Legal. Isso porque o quadro era O Xaveco, e a pessoa que ele indicou do seu casting era sua ex-mulher. “Ali quem precisou se descontruir e ser muito profissional foi eu“, conta aos risos.

‘Estrelismo atrapalha qualquer artista’

O empresário do ramo de celebridades ressalva que uma grande dificuldade para o seu trabalho e também para a vida de qualquer artista é o estrelismo. Por isso antes de iniciar qualquer planejamento artístico é necessário descontruir vaidades e ego exacerbado. 

Normalmente pessoas carregadas de vaidades sofrem muito mais do que aquela pessoa humilde e pé no chão. Muitas vezes nesse caminho as portas se fecham para abrir outras lá na frente. E é nesse momento que as pessoas carregadas de estrelismo percebem que não tem a vocação e o amor necessário que são essenciais para seguir diante dos desafios que a profissão impõe. Eles querem a vitória, mas sofrem ao lidar com as derrotas que, certamente, fazem parte da vida de qualquer artista sem exceção“, afirma.

Atento a um dos mercados que está mais em alta, a carreira de influenciador digital, o empresário fala sobre a principal dica para quem deseja entrar nessa área aqui no Blog: “O que mais vejo é gente morrendo na praia querendo copiar outros influenciadores. E por isso a principal dica é: seja original. Se você não souber como ser você mesmo, não dará certo, então um dos principais exercícios para esses potenciais influenciadores é descobrir como ser original dentro da sua profissão“, aposta.

Felipe também aposta que o mercado está cada vez mais aberto para descobrir novos talentos. Por isso foca bastante no programa Seja Você, do SBT, além do Different Show
, programa que será exibido pela RecordTV.

Descobrir um talento é algo que me deixa muito feliz, porque sem a descoberta ninguém será visto em massa. Tem aquela frase clichê que escutamos bastante de diversos artistas: “ainda vão me descobrir”, e ver um artista grato após ser descoberto, dando certo, não tem preço.”

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.
Instagram: @AlessandroLoBianco