in

Resumo Escrava Mãe (12/01): Juliana é amparada por Miguel, que a vê tossir sangue

RecordTV

Em Escrava Mãe, na tela da RecordTV, nesta terça-feira, 12 de janeiro, Miguel ampara Juliana, que começa a tossir sangue.

Publicidade

O capítulo começa com Zé Leão ajudando Miguel a carregar Juliana em uma maca improvisada. Dr. Pacheco avisa Maria Isabel que tentou de tudo, mas não conseguiu salvar o bebê. A megera fica desolada, pois esperava que ele pudesse salvar seu filho.

Beatrice, Teresa e Joaquina fazem de tudo para acalmar Maria Teresa, que está muito nervosa com o que anda acontecendo. A menina não quer saber de nada. Rosalinda humilha Petúnia na frente dos homens.

Publicidade

Petúnia anda pela rua, em Escrava Mãe

Saindo com muita raiva da pensão, Petúnia anda pela rua e acaba encontrando Átila. Ao ver que sua filha adormeceu, Beatrice questiona o médico para saber se ela conseguirá engravidar algum dia, mas o médico não dá certeza.

Publicidade

Um dos quilombolas reconhece Miguel e beija a mão dele, que fica sem entender nada, mas aceita o gesto de carinho do rapaz, que está sendo simpático com ele. Maria Isabel acorda e pergunta de Miguel, mas a mãe da jovem não conta nada que aconteceu.

Publicidade

Maria Isabel é enganada, em Escrava Mãe

Beatrice avisa que Tito Pardo foi buscá-lo, mas está demorando para voltar. Maria Isabel pensa que voltará vê-lo novamente. Teresa conversa com Guilherme e pede que ele faça justiça com Almeida. Surpreendido, o rapaz dá um beijo na amada.

Maria Isabel pede que Zé Leão lhe traga Juliana viva ou morta. Almeida vai para a assembleia seguido por Loreto. Ao acordar, Juliana recebe o carinho de Miguel. A jovem começa a tossir e ele pega um pano, mas a escrava cospe sangue.

Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.