in

Morte do apresentador Stanley Gusman por Covid é associada a Bolsonaro e repercute

Reprodução TV Alterosa / Agência Brasil

A morte do apresentador Stanley Gusman, da TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, repercute nas redes sociais. Aos 49 anos, o comunicador morreu por complicações da Covid-19 neste domingo (10). Stanley estava internado desde o dia 4 de janeiro no Hospital Vila da Serra, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte.

Publicidade

O apresentador foi diagnosticado com a Covid antes da virada do ano. Stanley tinha dado algumas declarações polêmicas sobre a doença e era considerado negacionista. Apoiador de Jair Bolsonaro (sem partido), Stanley concordava com o presidente em quase tudo.

Antes do Natal, por exemplo, ele afirmou que iria passar a data com os pais idosos, ao contrário das recomendações das autoridades de saúde. Stanley também criticava as medidas de isolamento propostas pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kallil.

Publicidade

Após a morte, muitos internautas associaram à fatalidade ao presidente Bolsonaro. “Stanley Gusman foi mais um que Bolsonaro convenceu a não tomar a vacina, aglomerar, não usar máscaras, cloroquina, ivermectina”, comentou um internauta no Twitter.

Publicidade

“Stanley Gusman era apresentador da TV Alterosa, em Minas Gerais, era negacionista científico e apoiador do presidente Jair Bolsonaro. Estava, inclusive, fazendo campanha contra as vacinas. Era. Porque, infelizmente, ele morreu de coronavírus”, escreveu mais um.

Publicidade

Até o fechamento desta reportagem, o presidente Jair Bolsonaro não havia se manifestado sobre a morte de seu famoso apoiador. O Brasil registra mais de 200 mil mortes em decorrência da Covid-19. A pandemia começou em março, mês em que foi registrada a primeira morte no país.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!