in

Jornalista Raphael Acioli morre por complicações da Covid-19 aos 36 anos

TV Globo

O produtor e jornalista Raphael Acioli, de 36 anos, morreu no domingo, 10, no Recife, vítima do novo coronavírus. Acioli já foi assessor de grandes artistas como Joelma e Wesley Safadão, e estava internado há 46 dias na unidade hospitalar Memorial São José. Segundo familiares, o profissional morreu por insuficiência renal e hepáticas, que foram agravadas pela Covid-19.

Publicidade

Além de Safadão e Joelma, Raphael também trabalhou com Gabriel Diniz e Priscila Senna. Segundo o G1, o corpo do jornalista será cremado nesta segunda-feira, 11, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, às 14h.

Por meio das redes sociais, muitos artistas lamentaram a morte do profissional. Anexando uma foto com Acioli, Wesley Safadão desejou que o jornalista “descanse em paz”. “Luto”, escreveu o cantor.

Publicidade

Publicidade

Joelma também prestou o último adeus ao amigo em uma postagem nas redes sociais. A cantora escreveu dizendo que “é com muita tristeza” que ela anexou na publicação o último clique ao lado do produtor. E mais, a loira aproveitou ainda para agradecer a Acioli por tudo e desejar que o amigo “descanse em paz”.


Publicidade


Conhecida como Musa, Priscila Senna também se despediu de Raphael. Nas redes sociais, a cantora disse não acreditar que o jornalista se foi. “Meu coração está despedaçado”, escreveu a famosa. Priscila desejou que Deus conforte o coração dos familiares do profissional e disse que nunca o esquecerá.

A pernambucana Gerlane Lops prestou uma homenagem ao produtor dizendo que seu amigo se foi “de uma forma estúpida”.

Lops ainda agradece o profissional “por tanto amor” e afirmou que o amará para sempre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade