in

Luto na música: 28 famosos que morreram em 2020

Foto Ipok

O mundo da música viveu tristes momentos de luto no ano de 2020. Seja por causa da Covid-19, seja por outro motivos, muitos músicos perderam suas vidas neste ano que está chegando ao fim. Algumas perdas foram muito dolorosas e deixaram o público completamente abalado. Recentemente, a morte do cantor Paulinho, vocalista do Roupa Nova, mexeu com os fãs.

Publicidade

Paulinho tinha 68 anos e morreu em decorrência de complicações por causa da Covid-19. O sambista Ubirany, de 80 anos, deixou os fãs do Fundo de Quintal enlutados ao morrer depois de ficar alguns dias internados em hospital do Rio de Janeiro. Ele testou positivo para a Covid-19.

A música brasileira também se despediu de nomes como Moraes Moreira, Adir Blanc, Gerson King Combo, Tunai, Parrerito e Vanusa. Aos 73 anos, Vanusa estava internada em um asilo, onde morreu depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória. A cantora havia ficado internada durante algumas semanas.

Publicidade

Publicidade

Ainda no Brasil, morreram nomes como David do Pandeiro, David Corrêa, Carlos José, Joel Lopes, Djalma Sabiá, Edeor de Paula e Renato Barros. O jovem MC Kallebe, de apenas 16 anos, morreu afogado ao nadar junto com amigo no rio Uraraí, em Campos dos Goytacazes, norte do Rio de Janeiro. Os corpos foram encontrados no dia seguinte ao do desaparecimento.

Publicidade

Cantores internacionais morreram em 2020

Alguns nomes da música pelo mundo também perderam a vida em 2020. Little Richard, Kenny Rogers, Neil Peart, Yohan, Peter Green, Bruce Williamson, Johnny Nash, Charley Pride, Bonnie Pointer, Andy Gill, Alan Merril e Chynna Rogers.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!