in

Cantor amado morre, aos 56 anos, e público fica inconformado: ‘Não consigo acreditar que ele se foi’

SZNews

Desde que o ano de 2020 teve início, várias foram as perdas de grandes estrelas, principalmente da televisão e da música, que tiveram suas mortes divulgadas e provocaram grande onda de luto e comoção entre o público.

Publicidade

Ao longo do ano, fãs sofreram com a morte de uma infinidade de artistas, tanto nacionais como internacionais. Parte deles perderam a vida para a Covid-19 e outros para tragédias ou outras doenças, mas todos deixaram saudade no público.

Nesta semana, mais um famoso teve morte confirmada e pegou muitos admiradores de surpresa. Desta vez foi o talentoso e querido cantor John Fletcher, que se tornou mais conhecido popularmente pelo apelido de Ecstasy. 

Publicidade

O artista, que era cantor e criador da banda de rap Whodini, tinha 56 anos de idade. O falecimento foi divulgado nesta quarta-feira (23/12) por um dos membros do grupo musical, que lamentou o trágico ocorrido.

Publicidade

Esse homem era lendário e um membro fundamental de um dos grupos mais lendários do hip hop. Isso é triste, cara” , disse o baterista Questlove, que demonstrou tristeza com a morte. Até o presente momento, não foi divulgada a causa do falecimento de Fletcher.

Publicidade

Muitas mensagens direcionadas ao artista foram publicadas nas redes sociais por meio de seus admiradores: “Descanse no céu“, disse um. “Eu não consigo acreditar que ele se foi“, acrescentou outro. Até o momento, não foi divulgado quando ocorrerá o velório de Fletcher. A família também não deu detalhes em torno do sepultamento do cantor.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.