in

Cantor amado morre, aos 56 anos, e público fica inconformado: ‘Não consigo acreditar que ele se foi’

SZNews

Desde que o ano de 2020 teve início, várias foram as perdas de grandes estrelas, principalmente da televisão e da música, que tiveram suas mortes divulgadas e provocaram grande onda de luto e comoção entre o público.

Publicidade

Ao longo do ano, fãs sofreram com a morte de uma infinidade de artistas, tanto nacionais como internacionais. Parte deles perderam a vida para a Covid-19 e outros para tragédias ou outras doenças, mas todos deixaram saudade no público.

Nesta semana, mais um famoso teve morte confirmada e pegou muitos admiradores de surpresa. Desta vez foi o talentoso e querido cantor John Fletcher, que se tornou mais conhecido popularmente pelo apelido de Ecstasy. 

Publicidade

O artista, que era cantor e criador da banda de rap Whodini, tinha 56 anos de idade. O falecimento foi divulgado nesta quarta-feira (23/12) por um dos membros do grupo musical, que lamentou o trágico ocorrido.

Publicidade

Esse homem era lendário e um membro fundamental de um dos grupos mais lendários do hip hop. Isso é triste, cara” , disse o baterista Questlove, que demonstrou tristeza com a morte. Até o presente momento, não foi divulgada a causa do falecimento de Fletcher.

Publicidade

Muitas mensagens direcionadas ao artista foram publicadas nas redes sociais por meio de seus admiradores: “Descanse no céu“, disse um. “Eu não consigo acreditar que ele se foi“, acrescentou outro. Até o momento, não foi divulgado quando ocorrerá o velório de Fletcher. A família também não deu detalhes em torno do sepultamento do cantor.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.