in

Morte de Nicette Bruno por Covid-19 deixa fãs desolados: ‘Que Deus ponha em um ótimo lugar’

Reprodução/Globo

Morre mais uma vítima da Covid-19. A atriz Nicette Bruno, de 87 anos, estava internada na Unidade de Terapia Intensiva da Casa de Saúde de São José. Ela precisava de respiração mecânica há semanas, após a doença ter se agravado. 

Publicidade

De acordo com informações do G1, Nicette estava com um quadro de saúde considerado “muito grave”. Por conta da ventilação mecânica, a atriz estava sedada. A morte foi confirmada pelo hospital na tarde deste domingo, às 13h20.

Nas redes sociais, o lamento dos fãs foi imediato, assim como a repercussão do falecimento da veterana: “Que Deus ponha em um ótimo lugar“, escreveu um fã. “Um dos maiores talentos da TV brasileira“, comentou outro, reforçando a importância da mãe de Beth Goulart para a história da TV.

Publicidade

A trajetória de Nicette Bruno

Nascida em Niterói, no Rio de Janeiro, a atriz Nicette Xavier Miessa começou a carreira cedo, aos 4 anos. Ela fazia parte de um programa voltado para o público infantil na Rádio Guanabara. 

Publicidade

O sobrenome adotado pela atriz vem de sua mãe, Eleonor Bruno Xavier, que é conhecida por papéis no século passado. Nicette se tornou atriz profissional aos 14 anos, quando estreou a peça A Filha de Iório. Na época, recebeu prêmio como atriz revelação.

Publicidade

Sua paixão por Paulo Goulart começaria a cinco anos dali. Aos 19 anos, conheceu o ator, com quem viveu 60 anos de casamento. Os dois contracenaram pela primeira vez na peça Senhorita Minha Mãe. O casamento aconteceu em 1954 e eles permaneceram juntos até a morte do ator, em 2014.

O relacionamento rendeu três filhos: Paulo Goulart Filho, Bárbara Bruno e Beth Goulart. Os últimos trabalhos de Nicette na TV foram nas novelas I love Paraisópolis, de 2015, e Pega pega, de 2017.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.