in

Murilo Rosa encerra gravações de Salve-Se Quem Puder com lamentação em avião: ‘Pena’

TV Globo

Após terminar as gravações da novela Salve-se Quem Puder, Murilo Rosa falou abertamente sobre algo desagradável que ele passou na sua primeira viagem durante a pandemia do Coronavírus. O ator fez várias críticas aos aeroportos e aviões lotados, embora existam diversas recomendações de distanciamento social em vigor. O ator lamentou dizendo que isso é uma pena.

Publicidade

O funcionário da Globo terminou os trabalhos na trama de Daniel Ortiz no último dia 17, e ainda lamentou o fato de não ter motivos para comemorar por causa da decepção com a falta de cuidados que presenciou. Ele reclamou que isso tudo é inacreditável, em duas companhias aéreas que esteve presente os protocolos foram fracos. Sem distanciamento algum dentro do avião.

Intérprete de Mário, ele declarou que as medidas protetivas para dentro das aeronaves se resumem a quase nada. Ele escreveu no seu Instagram na manhã de hoje(19) que uma comissária de bordo falou sobre a pandemia no fone de ouvido e outra apareceu com álcool em gel. Já que tudo mudou, era para isso ser diferente também.

Publicidade

Rosa recebeu o apoio de outros artistas como Ana Maria Braga e da esposa Fernanda Tavares. A modelo e empresária disse que as empresas diminuíram a frota para não perder dinheiro, ao invés de manterem o mesmo número de aviões com metade da capacidade cada.

Publicidade

Publicidade

Salve-se Quem Puder irá ao ar no início do próximo ano, a mesma já terminou de ser gravada para evitar possíveis interrupções e contará com 53 capítulos inéditos. A emissora informou que está seguindo vários protocolos rígidos para diminuir a chance de proliferação da doença nos estúdios, por lá todos estão operando com capacidade reduzida em meio á crise sanitária desde o mês de agosto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade